[ editar artigo]

5 práticas de marketing digital que profissionais de saúde devem adotar

5 práticas de marketing digital que profissionais de saúde devem adotar

Os atuais consumidores de serviços de saúde são muito diferentes dos consumidores anteriores. Hoje, os pacientes estão fazendo uma extensa pesquisa online, o que significa que são mais específicos sobre os serviços que recebem. 

Isso aumentou a necessidade de uma estratégia de marketing digital de cuidados de saúde com tato para ajudar as práticas e organizações médicas a encontrar seus clientes via mídia social e digital para gerar mais negócios online.

Com cerca de 47% dos usuários da Internet pesquisando informações sobre opções de tratamento e sobre profissionais de saúde, chegou a hora dos provedores de assistência médica aproveitarem ao máximo o marketing digital para aumentar a aquisição e o envolvimento dos pacientes e, finalmente, os resultados dos cuidados. 

Portanto, vejamos como a adoção de táticas digitais para o marketing da saúde está definindo o sucesso das práticas atualmente.
 

Definindo o sucesso com o marketing digital de assistência médica
 

1. Otimização de site para pesquisas locais

Como já mencionado, tornou-se crucial para os profissionais de saúde otimizar sua presença digital. Por quê? Porque o estudo Think with Google, afirma que os mecanismos de pesquisa atraem três vezes mais visitantes para sites de hospitais do que qualquer outra fonte. 

O estudo também descobriu que 44% dos pacientes que pesquisam hospitais em um dispositivo móvel acabam agendando uma consulta. A conveniência local é a chave, pois, de acordo com o Google Trends, "perto de mim", as pesquisas por serviços relacionados à saúde dobraram desde 2015.

Para isso, os profissionais de saúde devem ajudar os mecanismos de pesquisa a reconhecer e classificar seu conteúdo, etiquetando uma página com palavras-chave relevantes (você precisa procurar quais palavras-chave estão atualmente direcionando tráfego para seu site e para seus concorrentes), escrevendo descrições informativas da página, e criação de títulos estratégicos em HTML, entre outras técnicas.

Os prestadores de serviços de saúde também precisam mostrar o essencial, ou seja, ter clareza sobre os tratamentos disponíveis e os serviços que você oferece na sua listagem de negócios online. 

Além disso, inclua o horário comercial atualizado, um número de telefone e um endereço para estabelecer as bases para os mecanismos de pesquisa colocarem suas páginas na frente e no centro quando um consumidor relevante pesquisar um tópico de saúde pertinente em seu local. Afinal, as pessoas não querem viajar muito longe para tratamento, especialmente em caso de emergência.

 


2. Conteúdo rico com base em dados orientados pelo paciente

Ganhar a atenção do público com grande conteúdo pode capturar pacientes em potencial e produzir melhores resultados para o seu negócio de assistência médica. Como você faz isso? 

No marketing de assistência médica, você precisa estar atento, precisa analisar dados orientados ao paciente para alimentar sua estratégia de conteúdo. Além disso, use as ferramentas de análise de sentimentos e as plataformas de gerenciamento de feedback dos pacientes para descobrir exatamente quais são as experiências dos pacientes e o que você pode fazer para aumentar a lealdade deles.

Você também pode usar um software automatizado de pesquisa de satisfação do paciente, para avaliar o seu desempenho e de sua equipe, bem como identificar e categorizar tendências de sentimentos e emoções de seus pacientes em geral. Em seguida, gere conteúdo e estudos de caso que ajudem e respondam às perguntas que os pacientes estão procurando.
 

3. Capturando perspectivas locais usando mídias sociais

As ferramentas de mídia social influenciam 41% da escolha dos consumidores de um hospital, instalação médica ou médico específico e se tornaram uma valiosa ferramenta de desenvolvimento de negócios em marketing de saúde.

Os insights das mídias sociais oferecem feedback imediato sobre produtos ou serviços, além de novas idéias de inovação que podem levar a resultados de atendimento de qualidade, clientes mais fiéis, eficiência e até crescimento de receita. 

Portanto, os profissionais de saúde devem usar efetivamente as mídias sociais para melhorar a comunicação do paciente. Além disso, os provedores de assistência médica também podem usar as redes de mídia social para colaborar, compartilhar conhecimento e trabalhar juntos, melhorando potencialmente os resultados dos cuidados para as comunidades locais.


4. Gerenciamento pró-ativo de reputação online

Muitas críticas negativas podem afastar pacientes em potencial. Por quê? Porque, quando se trata de marketing digital para a área da saúde, quase 72% dos pacientes usam as revisões online como seu primeiro passo para encontrar um novo médico e 88% confiam nas revisões online, tanto quanto em recomendações pessoais. 

Além disso, até 48% dos pacientes saem de sua rede de seguros para obter um médico com ótimas avaliações, porque estão dispostos a ignorar fatores importantes, como custo e conveniência, a favor de avaliações positivas online.
Sendo um profissional de saúde, você deve desempenhar um papel proativo para obter mais (ótimas) críticas. 

Basta solicitar revisões ou usar programas que agreguem análises e enviem e-mails solicitando que seus pacientes deixem análises pelos serviços que receberam. 

No entanto, depois de receber críticas (positivas ou negativas) de seus pacientes, não se sente apenas com eles, pois 65% dos pacientes sentem que é essencial que os médicos respondam às avaliações online.

Para criar uma empresa online e uma reputação, os profissionais de saúde precisam de uma ferramenta de gerenciamento de reputação, que os ajude a solicitar críticas positivas genuínas de pacientes, o que aumenta sua reputação e melhorar seus rankings de pesquisa.


5. Otimizando o ROI através do rastreamento regular de dados

Para os profissionais de saúde, é fundamental entender quais atividades de marketing funcionarão para eles, o que precisa ser otimizado e como usar os orçamentos de marketing com eficiência para obter os melhores resultados possíveis. 

Com o marketing digital de assistência médica, tornou-se possível rastrear e atribuir resultados de campanhas específicas e esforços de divulgação de sua prática, o que não existia no marketing offline.

Verifique se sua estratégia de marketing digital possui um plano para gerenciar seus dados que reflita suas métricas de ROI em termos de custo por lead (CPL), aquisição de pacientes, taxas de admissão, taxa de retenção de pacientes, engajamento e referências. 

Crie suas campanhas de marketing digital usando esses dados e altere as campanhas em tempo real, se não estiverem produzindo os melhores resultados.

Você também pode usar várias plataformas de marketing digital e software de rastreamento de chamadas para analisar dados do paciente e gerar relatórios que destacam os resultados da sua campanha de marketing. 

Dessa forma, você não apenas poderá acompanhar suas campanhas específicas, mas também descobrirá como elas estão contribuindo para o sucesso clínico e financeiro de sua prática.

 


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 160 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!

Academia Médica
Monica Vitória
Monica Vitória Seguir

SEO na agência de Marketing Digital WebTrends

Ler conteúdo completo
Indicados para você