[ editar artigo]

A mentalidade inovadora deve começar na base da pirâmide!

A mentalidade inovadora deve começar na base da pirâmide!

Imaginemos que as classes de profissionais da saúde possam ser divididas sempre de maneira bem simples em especialistas, generalistas e os estudantes. É fato que os temas inovação e empreendedorismo estão em foco (graças a iniciativas como a Academia Médica, a Saúde Digital High Tech dentre tantos outros colaboradores). A grande questão talvez seja onde está esse foco. O local mais fragilizado em relação a essas informações ironicamente é um dos que sofrerá maior impacto dessas mudanças: os futuros formandos.

A formação quadrada que nos é oferecida, além de incompleta é perigosa e capaz de externar o nosso cérebro primitivo, ou como Steve Pressfield o define: resistência. Aquela parte do nosso cérebro que faz com que todos nós, em algum momento, tenhamos medo de arriscar, de criar e a seguir comportamentos mais “seguros”. Quase um cemitério de sonhos. É difícil encontrar colegas que queiram sair da zona de conforto ou como Seth Godin prega: a grande dificuldade para os projetos saírem do papel está na ausência do sétimo imperativo, que nada mais é do que iniciativa, paixão e determinação em fazer diferente, se reinventar.

É muito fácil imaginar que a solução para tal é atacar justamente a base dessa pirâmide; formar um estudante antenado e engajado com toda essa corrente. É a atenção primária dessa causa grande e nobre que é a revolução pela qual a saúde tem passado. Mas, ao mesmo tempo é uma tarefa dificílima.

Estamos sempre ocupados com os muitos créditos do período, os professores sempre têm muitos atendimentos, compromissos além da docência e tantas outras barreiras. Mas acredite que é possível. Se ao menos tentarmos encontrar pessoas para falar do tema, formar um grupo, criarmos a primeira faísca, em algum momento essa chama vai aumentar. O meetup e o Linkedin – e Academia Médica também ;) – são excelentes para isso. O que não podemos é ficar parado. A melhor forma de se proteger de um terremoto é saber quando ele vai acontecer.  

Portanto, a pergunta que fica para hoje é:

O que você tem feito para fortalecer essa corrente? 

 


Na Academia Médica você tem espaço para se engajar nessa corrente que busca uma mentalidade mais inovadora. Participe, compartilhe seu conhecimento e encontre outros colegas que também queiram sair da zona de conforto!

Academia Médica
Pedro Gois
Pedro Gois Seguir

Acadêmico de medicina apaixonado pela saúde tanto quanto pelo empreendedorismo, atuante no mercado de sorvetes e acima de tudo com muita força de vontade de fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você