[ editar artigo]

Colecistectomia com retrator magnético

Colecistectomia com retrator magnético

Uma de minhas paixões ainda enquanto estudante de medicina  era a cirurgia geral, principalmente a cirurgia minimamente invasiva. Quando menos se espera, surge uma inovação cirúrgica, até mesmo nas colecistectomias... 

Naquela época, foi muito bom estar perto de alguns dos grandes cirurgiões de ponta do país que estavam sempre na vanguarda das novas técnicas. 

A discussão até então ainda era se a cirurgia videolaparoscópica deveria ser single port ou com vários acessos.

Hoje, véspera de feriado, me deparei com um belo vídeo que compartilho com vocês sobre o uso de retratores magnéticos de Neodímio.

Como sou apaixonado por inovação de todos os tipos, eu não poderia deixar de compartilhar essa "nova" ferramenta aqui na Academia Médica

Como pode ver, o retrator está "preso" na parede peritonial, proporcionando o rechaço da vesícula para identificação correta das estruturas anatômicas envolvidas nessa colecistectomia minimamente invasiva.

Como "mágica" vemos o retrator flutuando e tensionando os tecido expondo a artéria cística.

Não sei se isso é tanto novidade para você, mas para mim que não sou cirurgião foi. Acho que precisamos de um cirurgião aqui na Academia Médica para trazer as principais novidades da área... 

Segue o vídeo de todo o procedimento a seguir 

Por favor, comente abaixo se você já conhecia retratores de neodímio. Se você já usou, por favor, compartilhe a sua experiência (e artigos científicos também)

Caso queira nos ajudar na curadoria de tecnologias para cirurgia minimamente invasiva (ou outra área da cirurgia) entre em contato com o pessoal da Academia Médica através do form a seguir. Eu irei marcar um bate papo contigo para desenhar um projeto em conjunto.

Caso tenha casos de técnicas cirúrgicas que queira demonstrar aqui na Academia Médica, clicar em NOVO POST e contribuir com o seu conhecimento.

Academia Médica
Fernando Carbonieri
Fernando Carbonieri Seguir

Inovação é sua forma de exercer a medicina. Fundei a AcademiaMedica.com.br em 2012, ainda na faculdade de medicina o que abriu o caminho para criar a maior comunidade de pessoas que atuam na Saúde e falam português em todo o mundo

Ler conteúdo completo
Indicados para você