[ editar artigo]

Diagnóstico da infecção e doença para o NOVO CORONAVIRUS (2019-nCoV)

Diagnóstico da infecção e doença para o  NOVO CORONAVIRUS (2019-nCoV)

Este conteúdo é parte integrante do protocole de Tratamento do Novo Coronavírus, que está dividido da seguinte forma:

-->> Introdução e como suspeitar de Novo Coronavirus? - A seguir nesta mesma página

-->> Definições operacionais para 2019-nCoV

-->> Características gerais sobre a infecção pelo novo Coronavírus (2019-nCoV)

-->> Diagnóstico da infecção e doença para o  Novo Coronavirus (2019-nCoV)

-->> Medidas de prevenção e controle quanto ao Novo Coronavirus (2019-nCoV)

-->> Novo Coronavirus (2019-nCov) Notificação de casos 

diagnóstico clínico 

O quadro clínico inicial da doença é caracterizado como síndrome gripal, no entanto, casos iniciais leves, subfebris, podem evoluir para elevação progressiva da temperatura e a febre ser persistente além de 3-4 dias, ao contrário do descenso observado nos caso de Influenza. O diagnóstico depende da investigação clínico- -epidemiológica e do exame físico.

É recomendável que em todos os casos de síndrome gripal seja questionado o histórico de viagem para o exterior ou contato próximo com pessoas que tenham viajado para o exterior. Essas informações devem ser registradas no prontuário do paciente para eventual investigação epidemiológica.

diagnóstico laboratorial

O diagnóstico laboratorial para identificação do vírus 2019-nCoV é realizado por meio das técnicas de RT-PCR em tempo real e sequenciamento parcial ou total do genoma viral. Outras informações importantes como: indicação e técnica de coleta, acondicionamento e envio das amostras estão descritas no tópico de Vigilância Laboratorial do Boletim Epidemiológico nº 2 que encontra-se disponível no Portal do Ministério da Saúde.

diagnóstico diferencial

As características clínicas não são específicas e podem ser similares àquelas causadas por outros vírus respiratórios, que também ocorrem sob a forma de surtos e, eventualmente, circulam ao mesmo tempo, tais como influenza, parainfluenza, rinovírus, vírus sincicial respiratório, adenovírus, outros coronavírus, entre outros.

Protocolo de Tratamento do novo Coronavirus:

Este conteúdo é parte integrante do protocole de Tratamento do Novo Coronavírus, que está dividido da seguinte forma:

-->> Introdução e como suspeitar de Novo Coronavirus? - A seguir nesta mesma página

-->> Definições operacionais para 2019-nCoV

-->> Características gerais sobre a infecção pelo novo Coronavírus (2019-nCoV)

-->> Diagnóstico da infecção e doença para o  Novo Coronavirus (2019-nCoV)

-->> Medidas de prevenção e controle quanto ao Novo Coronavirus (2019-nCoV)

-->> Novo Coronavirus (2019-nCov) Notificação de casos 

As informações aqui publicadas foram retiradas do Protocolo de Tratamento do Novo Coronavírus (2019-nCoV), produzido e distribuído pelo Ministério da Saúde. O Acesso foi feito em 08/02/2020 neste link

 

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler matéria completa
Indicados para você