{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
Google Glass e a Medicina
[editar artigo]

Google Glass e a Medicina

A era dos computadores "vestíveis" está chegando até nós.

Chama-se a atenção os últimos gadgedts de duas gigantes da tecnologia. A apple lançou o Apple Watch e a Google lançará em breve o Google Glass. O gadget que promete ser o sonho de consumo de todos deve chegar ao mercado ainda em 2013. Estamos esperando ansiosamente.
Para aqueles que ainda não estão familiarizados, o Google Glass Project é essencialmente um dispositivo que mimetiza um óculos
Ele virá com um hardware que inclui Wi-Fi e Bluetooth, Câmeras, ativação de comandos por voz e uma pequena tela acoplada ao óculos.
Esse gadget terá uma enormidade de usos para a população em geral. E na medicina? Como serão os usos desse novo aparato tecnológico no dia-a-dia de um médico.

Imagine alguns cenários com o uso do GLASS

  • Um socorrista que acaba de chegar a um acidente poderá transmitir ao vivo a situação da vítima para uma central e receber instruções sobre as atitudes que devem ser tomadas. A sala de emergência, então, estaria apta a se preparar adequadamente para o paciente que está para chegar
  • Um professor de cirurgia pode transmitir uma cirurgia ao vivo para residentes e estudantes. Assim eles podem ter exatamente a visão do cirurgião que está operando.
  • Ainda na cirurgia, o médico pode acessar o vídeo da cinecoronarioangiografia sem sair ou necessitar de movimentos amplos. Seria uma boa maneira de resolver uma dúvida momentânea.
  • Ainda, pode-se utilizar aplicativos de realidade aumentada para mapear tumores a serem removidos, limites cirurgicos que não devem ser tocados e iatrogenizados.
  • A burocracia das papeladas pode ser diminuída pelos comandos de voz e assinatura digital. O Safe Surgery Saves Lifes Checklist da OMS pode ser mais facilmente respondido por exemplo.
  • Os profissionais de Home-Care podem tirar fotos e capturar vídeos das feridas de um paciente acamado e imediatamente podem enviá-las para o médico.
  • Para médicos que estão de sobre-aviso. Ele pode receber, já na chamada, os primeiros dados e imagens do paciente que ele está indo atender, assim ja pode fornecer as primeiras condutas a serem tomadas até que ele chegue ao hospital.
  • Os 5 certos da enfermagem ficariam mais fácil de serem cumpridos, evitando erros.
  • Com ele você pode ter acesso aos dados de um paciente, imagens e exames laboratoriais sem carregar outro dispositivo. Pode ser muito útil numa ronda com seu preceptor.
  • pode tambem ter no seu Glass os dados vitais do paciente, ou os dados de um procedimento que demora certo tempo a ser concluído, como a diálise por exemplo. google-goggles-ar-eyewear-for-better-patient-care
  • Um farmacêutico poderá escanear medicações para verificar se aquela é a droga correta a ser dispensada
  • Um educador físico ou treinador poderá comparar vídeos dos exercícios previamente realizados com aquele que está ocorrendo ao vivo, sobrepondo um ao outro. Isso é essencial no ajuste do movimento correto e prevenção de lesões
  • Qualquer profissional de saúde pode revisar os dados vitais de seus pacientes, como pulso, pressão, saturação de O2 e temperatura
  • O acesso a dados da rotina de saúde de seu paciente fica simples com esse dispositivo

Seriam essas as maiores evoluções que o Google Glass poderia fazer em nossa área? Acho que a imaginação aqui não tem limites. confira a série de vídeos abaixo que mostra, além do teaser oficial da google, as aplicações para a medicina

Vamos encarar a verdade. A medicina está mudando. Estamos a cada dia mais envolvidos em obter dados em tempo real para tratar pacientes em que o status muda frequentemente. A habilidade em usar ferramentas que nos mantenham conectados e atualizados pode prevenir erros médicos. Isso também pode melhorar a eficiência do cuidado, colaborar com o aprendizado... Pode até levar a uma mudança em como a medicina é praticada. Não usamos mais a mala grande e preta que os médicos do século 19 usavam para carregar toda aquela gama de instrumentos. Agora estamos nos graduando ná era da tecnologia e na era da revolução da informação e estamos usando as novas ferramentas para melhorar o cuidado.

Queremos poder entrar em uma visita com o prontuário do paciente atualizado, os exames laboratoriais mais recentes, com a lista de medicações, e verificar as mudanças desde a última visita. Em um sistema como esse poderiamos até dividir toda a informação que estamos vendo ao vivo com outros colegas ou estudantes.
E se você se depara com alguma lesão que lhe é estranha? E se você pudesse compartilhar naquele exato momento com um dermatologista? Ele provavelmente poderia sugerir outras formas de avaliar aquela lesão e ajudar a construir um melhor raciocínio clínico. De fato, as maiores mudanças podem ocorrer na telemedicina. Entretanto, temos que participar de todo esse processo, e fazer ciencia em cima dessas novas tecnologias. Hoje encontramos vários aplicativos destinados a saúde, que não possuem sustentabilidade médica nenhuma pois são feitos por outros profissionais.
O vídeo promocional do Google Glass traz várias pessoas praticando esportes radicais, comemorando em festas e brincondo com seus filhos. Não traz porém nenhuma aplicação à medicina do novo Gadget.

Além dos tópicos que pontuamos acima você consegue visualizar outra utilidade do Glass para a medicina? Por favor, comente logo abaixo utilizando o facebook.

Fernando Carbonieri

Fernando Carbonieri

Fundador da comunidade Academia Médica, que desde 2012 tem o intuito de expandir os horizontes falando o que a faculdade esqueceu de nos contar.

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar