{{ warning.message }} Ver detalhes
IDARUCIZUMAB E ANGIOTENSINA II: NOVOS MEDICAMENTOS QUE PODERÃO FAZER A DIFERENÇA!
[editar artigo]

IDARUCIZUMAB E ANGIOTENSINA II: NOVOS MEDICAMENTOS QUE PODERÃO FAZER A DIFERENÇA!

Nos últimos 5 anos o desenvolvimento de novas drogas utilizadas em ambiente de terapia intensiva vem evoluindo substancialmente, com propriedades farmacológicas cada vez mais acuradas e com menos efeitos colaterais em relação aos medicamentos mais antigos. Exemplo é o da Dexmedetomidina (Precedex), mais disseminada nas UTI´s brasileiras (não em todas). No entanto, resolvi dar enfoque à duas drogas promissoras e inovadoras: Idarucizumab e Angiotensina II. Recentemente estive no Congresso Mundial de Medicina Intensiva e pude observar alguns trabalhos sobre a atuação de tais medicamentos.

Sabemos que o choque séptico é uma das principais causas de morte nas UTI´s ao redor do mundo e que por vezes temos que realizar associação de drogas vasoativas (vasopressina com noradrenalina ou adrenalina) para manter o mínimo de perfusão tissular e garantir assim as reações químicas necessárias à sobrevivência. Um estudo em andamento, o ATHOS-3 (fase III), está demonstrando que a administração de um recombinante (humano ou bovino) da Angiotensina II (causa vasoconstricção da arteríola eferente) quando há o choque com vasodilatação periférica (distributivo), em associação com altas doses de drogas vasoativas, estão elevando a sobrevida de tais pacientes selecionados, melhorando parâmetros microcirculatórios e multiorgânicos. É uma esperança no fim do túnel. O estudo pode ser acompanhado em clinicaltrials.gov ou num belo artigo publicado em maio deste ano no NEJM: https://www.medscape.com/viewarticle/887520

Outra droga recém aprovada pela FDA é o Idarucizumab (Praxbind), a qual consiste em um fragmento de anticorpo humanizado, concebido como agente reversor específico da Dabigatrana (Pradaxa). O Praxbind bloqueia especificamente as moléculas da Dabigatrana, neutralizando seu efeito anticoagulante sem interferir em outras etapas da cascata de coagulação. O efeito se dá em poucos minutos, com reversão completa do efeito anticoagulante do Pradaxa. É inovador na medida em que pacientes que se utilizam do Pradaxa e não podem sobreviver sem o uso desta droga (pacientes portadores de FA crônica e com AVC prévio, por exemplo) e que são acometidos por sangramentos volumosos com sério risco à vida ou a politraumas com exsanguinação importante, aonde não houve tempo hábil da suspensão do anticoagulante, haverá a possibilidade da administração do Praxbind para reverter o efeito anticoagulante e assim evitar o aumento do sangramento e demais complicações. Após a estabilização do paciente, a Dabigatrana poderá ser administrada novamente em 24 horas.  Atualmente quando tais eventos catastróficos ocorrem nestes tipos de pacientes, lançamos mão de crioprecipitado e plasma fresco congelado, o que pode resultar em hipervolemia e reações transfusionais. O Idarucizumab apresentou poucos efeitos colaterais, com baixa mortalidade no estudo RE-VERSE AD. Você pode ler na íntegra todo o estudo nos links abaixo. Por enquanto só temos um medicamento aprovado para reverter o Pradaxa, porém aguardamos nos próximos anos o desenvolvimento de mais drogas inibitórias das novas classes de anticoagulantes orais. Ainda não está muito difundido em nossa realidade, sendo que cada ampola custa em média 8000 euros (geralmente utiliza-se de 2 a 3 ampolas em cada paciente).

 

- Pollack C. V. et al. Idarucizumab for dabigatran reversal. NEJM. 2015 June 22 (Epub ahead of print). Disponível em http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa1502000

- Pollack C.V. Initial results of the RE-VERSE AD trial: idarucizumab reverses the anticoagulant effects of dabigatran in patients in an emergency setting of major bleeding, urgent surgery, or interventions. Oral presentation on Monday 22 June 2015 at the International Society of Thrombosis and Haemostasis 2015 Congress, Toronto, Canada.

Rodrigo Rocha Correa

Rodrigo Rocha Correa

1 Tenente Médico do Exército Brasileiro.

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Novo post

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha ACESSO ILIMITADO
aos conteúdos exlcusivos.

Entrar
Faça seu login agora e ganhe:

Acesso ilimitado aos conteúdos abertos;

Notificações das publicações relevantes para o seu perfil;

Newsletter com os principais artigos para você.