Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Local Utilizado por Marie Curie Dá Lugar a Novo Centro de Pesquisa em Câncer

Local Utilizado por Marie Curie Dá Lugar a Novo Centro de Pesquisa em Câncer
Academia Médica
fev. 4 - 3 min de leitura
000

Fonte: Nature,  Gaind, N. (2024, February 2).

Em uma publicação de 2 de fevereiro de 2024 na revista Nature, é destacada uma decisão histórica do Instituto Curie em Paris, que simboliza uma união notável entre a preservação do patrimônio histórico e o progresso científico. Uma das mais prestigiosas instituições de pesquisa biomédica da França, anunciou a reconstrução do Pavilhão das Fontes para dar espaço ao novo Centro de Biologia Química de Câncer. Este projeto de €13 milhões, que teve sua resolução anunciada em 31 de janeiro de 2024, segue após intensas negociações entre o Ministério da Cultura francês e um grupo de cientistas determinados a construir um centro de pesquisa de ponta no local.

O Pavilhão das Fontes, parte do histórico Instituto do Rádio e utilizado para o armazenamento e preparação de amostras radioativas por Marie Skłodowska-Curie e outros, será cuidadosamente desmontado, descontaminado e reconstruído em uma nova localização próxima, preservando assim o rico patrimônio cultural associado a Curie. Este compromisso veio após um intenso debate público e uma campanha nas redes sociais que reivindicava a preservação do "laboratório de Marie Curie", levando o Ministério da Cultura a interromper temporariamente os planos de demolição em 5 de janeiro.

Raphaël Rodriguez, um biólogo químico do Instituto Curie que co-dirigirá o novo centro, expressou entusiasmo com a resolução: “É uma notícia maravilhosa, pois poderemos avançar no desenvolvimento da biologia química no Institut Curie, enquanto preservamos o rico patrimônio de Marie Curie.”

O projeto do Centro de Biologia Química de Câncer é inspirado no renomado Memorial Sloan Kettering Cancer Center de Nova York, combinando laboratórios de pesquisa e instalações de tratamento de pacientes. O centro utilizará a biologia química para tratar o câncer, seguindo os passos de Marie Curie, que fundou o Instituto do Rádio com o objetivo de aplicar o conhecimento sobre radioatividade no tratamento de doenças.

A proximidade do novo centro com o Instituto Curie, que abriga um hospital e um instituto de pesquisa básica, é vista como essencial para seu sucesso. "Você mistura no mesmo prédio químicos, biólogos celulares e clínicos, o que faz uma grande diferença", afirma Rodriguez. Este ambiente interdisciplinar promove a troca de ideias e a colaboração direta entre pesquisadores e médicos, possibilitando, por exemplo, que oncologistas consultem químicos no local para testar imediatamente novos compostos em amostras de tumores.

Ángela Nieto, bióloga celular e de câncer no Instituto de Neurociências da Universidade Miguel Hernandez em Elche, Espanha, aplaudiu a notícia, destacando a importância de estabelecer um instituto focado em biologia química no Curie. "Não tenho dúvidas de que isso fortalecerá um aspecto crucial da pesquisa."

Este desenvolvimento não apenas honra o legado de Marie Curie na excelência da pesquisa e medicina, mas também estabelece um novo marco na luta contra o câncer, unindo tradição e inovação na busca por soluções para uma das maiores ameaças à saúde global.




Referência:

Gaind, N. (2024, February 2). Building used by Marie Curie will be dismantled to erect cancer centre. Nature. https://www.nature.com/articles/d41586-024-00321-3




Denunciar publicação
    000

    Indicados para você