[ editar artigo]

Medicina Resumida - Uma solução compartilhada

Medicina Resumida - Uma solução compartilhada

É muito bom quando encontramos eco quando tentamos inovar em algo. Esse é o caso do acadêmico de medicina Diego Barros - dono do canal Medicina Resumida no Youtube. O objetivo do canal é simples e inerente a qualquer resumo: Organizar os conhecimentos médicos na cabeça do estudante.

O canal já conta com 3000 seguidores no youtube. e tem o intuito de ilustrar as matérias básicas da medicina na rede. Por esses motivos abrimos espaço para o Diego aqui no Academia Médica, conheça esta iniciativa!

Medicina Resumida - Uma solução compartilhada

Quantas vezes me peguei tentando lembrar de um assunto que já havia estudado no curso. Seja porque me questionaram ou porque me deparei precisando dele para fechar um raciocínio. E quando eu digo isso, não me refiro apenas aos detalhes. Acontece também com pedaços relevantes que não deveria me ser permitido esquecer. Pelo menos me sinto assim. Um conceito anatômico, um processo fisiológico ou as células envolvidas em uma determinada função. Vai dizer que isso nunca aconteceu com você? E como geralmente resolvemos isso? Pegamos um livro ou nossas anotações e “refrescamos nossa memória”. Desconsiderando as vezes que nos engamos: “Nas férias, eu vou revisar.”.

A questão é que nem sempre é simples retomar esse conhecimento por inúmeras razões: você pode não lembrar em qual referência você havia lido; o livro pode não estar ao seu alcance; você suprimiu, por inexperiência com o tema, aquela informação do resumo; ou simplesmente, por mais que você leia, não consegue alcançar a mesma segurança que possuía na época em que tudo estava contextualizado. E, em meio a uma dessas falhas da minha memória, eu divaguei em como seria providencial, se o eu que da época que detinha o domínio daquele conhecimento pudesse me explicar novamente aquele ponto. Quanto tempo eu não ganharia.

Foi assim que surgiu a ideia de elaborar resumos em vídeos para consumo próprio. Simples e diretos. Apenas editando qualquer falha no discurso para manter a objetividade. Afinal, sempre gostei de vídeo-aulas. Utilizei bastante de recursos audiovisuais no período do vestibular, por conseguir absorver algum conteúdo mesmo cansado, além de que o efeito sonífero em mim é muito menor do que a leitura. Então era a solução que eu procurava e eu decidi pôr em prática.

Entretanto eu não contava que a companheira de qualquer iniciante, a insegurança, mudasse meus planos. E não demorou quase nada para que eu me desvirtuasse do simples e direto. No primeiro vídeo já queria torná-lo cada vez mais completo. Sempre com o receio de que alguma informação que eu estava desprezando pudesse ser útil mais a frente. E, por fim, veio a ideia de compartilhar: “E se outras pessoas estivessem precisando desse conteúdo que eu já teria pronto, seja para revisar ou dar uma visão inicial. Outros canais já haviam me auxiliado nos estudos e eu era muito agradecido por isso.” E foi assim que surgiu a ideia do Medicina Resumida.

De forma alguma abdiquei das outras soluções e nem te recomendo. Continuarei recorrendo aos livros e anotações também. Não há solução milagrosa para nossos esquecimentos. O que posso é tentar é te tranquilizar compartilhando de forma sintética tudo que li e ouvi a respeito: “Entramos na medicina achando que saberemos de tudo. Ao longo do curso pensamos que não aprendemos o suficiente. E esse sentimento de que deveria saber mais, ainda vai te acompanhar por muito tempo. Então não se julgue por ser falível, apenas utilize isso para ser cada vez melhor.”. Seguindo, portanto, esse pensamento, convido-os a nos aprimorarmos juntos. Seja bem vindo ao Medicina Resumida e tudo que você puder contribuir (conhecimentos, críticas ou sugestões), eu também lhe serei muito grato!

 

Após sua apresentação resolvemos indexar a aula do sistema circulatório produzida pelo Diego Barros. Vale a pena conferir:

Medicina Resumida - Introdução ao sistema Circulatório

“Ah o sistema circulatório... Hora de estudar os vasos sanguíneos. Mas espera! São apenas eles que fazem parte? E o coração?  Também já ouvi falar em sistema cardiovascular. É sinônimo então? Ahh não sei! A função pelo menos é a de transportar o sangue com os nutrientes por todo o corpo. Isso eu não tenho dúvida. Mas tem alguma outra função? Ahhhh quanta dúvida. Não já bastava eu me atrapalhar onde o sangue é mais oxigenado... Que se eu não me engano, o sangue oxigenado está nas artérias e o sangue rico em gás carbônico está nas veias. Não é isso?”

Se você se apertou para responder alguma dessas dúvidas, já é o suficiente para assistir ao vídeo. Entretanto, isso pode ter sido básico e tranquilo para você lembrar. Então vou tentar aumentar um pouco a dificuldade. Você recorda todos os tipos de vasos? E não basta responder artérias, veias e capilares. Quero os tipos de cada um. Lembra o que é uma meta-arteríola? E quais o tipos de circulação? São só duas? Sabe encaixar o sistema linfático nelas?

O sistema circulatório, pelo menos na Universidade Estadual da Bahia (UNEB), onde eu curso, é o primeiro sistema a ser estudado. Porém, não quer dizer que ele seja simples. Sua dificuldade depende do quanto você será cobrado a se aprofundar. Entretanto, não posso dizer que ele se compara a complexidade de outros sistemas como o nervoso. O que posso te garantir é que frequentemente durante o ciclo básico, você irá retornar a falar dele quando chegar na irrigação de cada órgão.

De qualquer forma, todas as dúvidas incitadas aqui serão abordadas nesse vídeo, sem se limitar apenas a elas. E ao longo dos outros iremos aprofundando, ok? Então espero que faça bom proveito. Quaisquer críticas e sugestões são bem vindas nos comentários. Bons estudos e um grande abraço!

Academia Médica
Academia Médica
Academia Médica Seguir

Página da redação do Academia Médica para noticiar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler matéria completa
Indicados para você