Médicos, let's go to Austrália?
2014/05/19 18:38:18 +0000 | 3 minutos de leitura
[editar artigo]

Médicos, let's go to Austrália?

Com esse cenário difícil e desanimador do Brasil, que tal ir para Austrália?

Na Austrália você tem mais chances de encontrar um “work-life balance” melhor do que em qualquer outro país do mundo. Lá, o salário mínimo se baseia no padrão de 38 horas semanais e podem variar ligeiramente de acordo com o estado, mas cada governo estadual regula o salário de todos os médicos. O médico também pode incrementar a renda com horas extras e plantões, quando se acrescenta isso, o salário sobe em 15 a 25% aproximadamente. Além disso, existe também o “salary packaging”, que é um privilégio concedido a todos os funcionários de hospital público na Austrália. É um sistema de redução de taxa que permite que o funcionário receba até 30% do seu salário livre de impostos. Funciona assim: o sistema envolve “sacrificar” uma parte do salário que depois volta livre de impostos, através de gastos em itens como computadores, hipoteca ou aluguel, despesas de gasolina, contas de serviço público doméstico. Ao apresentar os recibos para esses itens, a pessoa pode receber no seu salário o valor desses recibos isentos de impostos.

A Austrália tem o maior salário mínimo do mundo e dentre as economias desenvolvidas, tem sido um dos países menos afetados com a crise financeira global. Também tem uma das menores taxas de desemprego do mundo (5,2% em 2012).

Abaixo a tabela mostra as médias salariais anuais de acordo com as categorias: residentes, "registrar" (que é o médico que está na sua segunda residência, como um residente em urologia por exemplo), clínico geral e especialista. A primeira coluna apresenta o salário mínimo aproximado; a segunda mostra o salário estimado acrescentando-se as horas extras e a terceira coluna apresenta o aumento salarial com o “salary packaging”.

quanto ganha um médico na australia A cotação do dolar australiano na data de publicação é de 2,07 reais. Ou seja, o salário do residente varia de 120 mil reais a 320 mil reais por ano (incluindo o "registrar"); o generalista e o especialista podem faturar até 1 milhão de reais por ano.

Se quiser saber mais sobre como exercer a medicina na Austrália, o Academia Médica mostra aqui: http://academiamedica.com.br/medico-no-primeiro-mundo-australia/

COMPARTILHE

Ana Carolina Salem

Artigos relacionados

login modal