O coração da liderança médica
[editar artigo]

O coração da liderança médica

Quando eu tinha aproximadamente oito anos de idade, minha avó me chamou para uma conversa em particular e disse: Cris eu te acho especial e uma neta diferente, por isso quero que me prometa três coisas:

  1. Ame sua mãe e cuide dela;
  2. Faça sempre a coisa certa, mesmo que seja a mais difícil;
  3. Nunca tome bebidas alcoólicas.

Um dia, enquanto meus meus primos insistiam para eu tomar um gole de cerveja quando eu não queria, ouvi o seguinte comentário: "não diga que você está acreditando na conversa da vovó?" Neste momento, fiquei sabendo que eles também foram chamados para a conversa especial com minha avó — e os conselhos foram os mesmos.

Confesso que fiquei um pouco decepcionada, mas também fiquei muito orgulhosa da sabedoria de minha avó para orientar seus netos. Não tomo bebidas alcoólicas até hoje. E essa minha escolha com certeza teve muito da influência de minha avó.

Aprendi que "o que você é" vem antes de "o que você faz". Ou seja, Liderança é ser antes de fazer. Por isso, antes de qualquer coisa, o segredo para o sucesso de um líder médico é ter paixão! A liderança deve começar com o coração.

 Sim, você precisa ter um coração que seja:

  1. Consistente: viva com serenidade;
  2. Contrito: tenha humildade;
  3. Corajoso: não se abale por fazer as coisas do modo correto;
  4. Convicto: fale sobre suas convicções com sabedoria;
  5. Comprometido: viva sua vida de forma íntegra e congruente.

Goste ou não, você tem uma marca — e não estou falando de Apple, Samsung, Coca-Cola. Sua marca é sobre como as pessoas veem você, suas qualidades e seus atributos. É um reflexo de como você se expressa diariamente. E você tem a oportunidade de ser consciente e intencional sobre como você é percebido pelos outros.

Pela própria natureza do trabalho que fazemos, nós médicos somos líderes influentes, servindo como referência para colegas, executivos e profissionais de saúde, formandos outros médicos e orientando pacientes. Eles, porém,  nem sempre estão conscientes do grau de nossa influência. É por isso que é importante para nós fazermos escolhas conscientes sobre o tipo de líder que queremos ser — e construir nossa marca de liderança de dentro para fora.

Se você não sabe qual é sua marca de liderança, você não está liderando de forma consciente. Isso pode fazer com que sua marca seja percebida de maneiras que não combinam seus propósitos.

Um grande abraço!

 

Você pode acompanhar outras publicações de Cristina Veloso Andreacci, seguindo seu perfil ao clicar aqui.

Gostou do texto? Comente abaixo o que você tem feito para construir sua marca como liderança médica?

CRISTINA MARCIA SORIANO VELOSO ANDREACCI
CRISTINA MARCIA SORIANO VELOSO ANDREACCI Seguir

Ginecologista, Obstetra, Ultrassom em GO e Medicina Fetal Update Harvard Medical School Pós graduação no Hospital Albert Einstein Certificado de competência pela Fetal Medicine Foundation- Londres Master coach pela Florida Christian University

Continue lendo
Indicados para você