[ editar artigo]

Plano de metas na medicina

Plano de metas na medicina

Você provavelmente já ouviu falar no “Plano de Metas” instaurado, no Brasil, pelo governo de Juscelino Kubitschek (JK). Basicamente, JK se propôs a alcançar, em apenas 5 anos, um desenvolvimento estrutural que seria normalmente alcançado em 50. Mas será mesmo que um político, um pesquisador ou um estudante seriam capazes de obter resultados tão satisfatórios, em suas respectivas áreas, em um tempo limitado?

Para o Radioncologista e Professor da Queen's University Dr Fábio Y. Moraes, se forem seguidas algumas condições, sim.

“Planejamento e rotina ajudam a aumentar a produtividade. Sem planejamento, você não consegue dedicar o tempo necessário para cada projeto. Sem rotina, não ganha tração e você não produz no médio e longo prazo”, afirma.

O dicionário da língua portuguesa revela que planejamento é a determinação das etapas que devem ser usadas no desenvolvimento de um trabalho; e rotina é o habitual, aquilo que se faz todos os dias. Então, trabalhando com a fusão dos conceitos, podemos inferir que, na busca pela produtividade, deve ser habitual a determinação de etapas e metas no desenvolvimento de um trabalho. 

Embora você não esteja acostumado e pareça trabalhoso montar um plano de metas pessoal, você não precisa de muita coisa para iniciar:

1 - Seja organizado:  Tenha um bloco de notas específico para organização de suas metas, o que pode ser feito por textos manuscritos ou ferramentas online, como Google Keep e Notion.

2 - Seja específico: Planeje metas específicas. Se você precisa, por exemplo, estudar para uma prova, organize os assuntos de um a um. Se suas metas forem gerais, qualquer coisa estará bom - e esse não é o objetivo.

3 - Seja realista. Trace metas que são realizáveis. Não adianta você planejar diversas metas se não terá tempo ou disposição para isso. 

4 - Divida grandes tarefas em blocos menores: Se você precisa escrever um artigo em 5 dias, que tal escrever a introdução no 1º dia, os objetivos no 2º, os resultados no 3º… e assim por diante? Grandes tarefas em pouco tempo são menos atrativas e farão você ter menos vontade de realizá-las.

5 - Tenha prazos. Estabeleça o tempo de entrega de suas metas e faça o possível para não atrasá-las. Evite procrastinações até o cumprimento do prazo.

6 - Tenha rotina: Siga as orientações acima rotineiramente. Trace metas diariamente. Os resultados virão com a força do hábito.

Essas são as nossas dicas, você acha que vale acrescentar algo? Me conta nos comentários abaixo.

 


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 190 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!