[ editar artigo]

Promoção à saúde: um desafio da atualidade

Promoção à saúde: um desafio da atualidade

Uma expressão muito utilizada pelas pessoas idosas é a “Sou do tempo em que...” Começo a usando: sou do tempo do Teste de Cooper.

Explico: O médico norte-americano Kenneth Cooper, em 1968, criou um método para avaliar a capacidade cardiorrespiratória dos soldados americanos, que consiste numa corrida ou caminhada ininterrupta por 12 minutos. O nome “Cooper” foi usado em homenagem ao criador do teste.

Posteriormente, o teste passou a ser usado para avaliar atletas e pacientes que desejavam entender melhor seu condicionamento físico. Além disso, a expressão “fazer um cooper” também se tornou um sinônimo de “fazer uma corrida”, assim como as expressões “vou malhar”, e mais atualmente “vou fazer um treino”.

A ciência diz que para ter uma vida saudável a pessoa deve:

•Movimentar corpo;

•Ter uma alimentação adequada (com refeições coloridas preferencialmente);

• Manter o pensamento positivo.

Ouvimos diariamente que essa tríade: atividade física, alimentação saudável e pensamento positivo é essencial para estabilizar a hipertensão, diabetes e colesterol, evitar obesidade, doenças do coração e derrame cerebral, aumentar a imunidade e prevenir o câncer. Concorda?

Atualmente, temos um cenário no qual a tecnologia oferece equipamentos que substituem os movimentos que as pessoas deveriam realizar nas tarefas mais simples da vida, como, por  exemplo:  mudar um canal de televisão, praticidade na  alimentação  — o fast food é mais prático e é possível pedir comida pelo smartphone, entre outros.

Além disso, temos  inúmeras fake news espalhadas nas redes sociais e um alto índice de violência, que força as pessoas a ficarem trancadas nas suas casas, levando-as a terem um comportamento sedentário e, consequentemente, sofram com um acúmulo de colorias,  demonstrado pelo tempo que passa em frente às telas de celulares, computadores e televisores. Até mesmo as crianças substituíram as brincadeiras  tradicionais por celulares.

Leia também: Tempo de exposição de crianças a telas está relacionado ao aparecimento de transtorno do espectro autista

O sedentarismo pode ser combatido através da realização de atividades físicas ou exercícios físicos. Você deve estar se perguntando se há diferença entre as práticas, certo? A resposta é sim!

Existe uma diferença conceitual, mas as duas práticas fazem bem a saúde. A atividade física consiste nos movimentos do corpo, feitos de maneira intencional, e envolve uma relação com a sociedade e com o ambiente no qual a pessoa se encontra realizando atividades do cotidiano, como: o  deslocamento para o trabalho ou escola,  atividades lazer e tarefas de casa.

Já os exercícios físicos são atividades planejadas e estruturadas com o objetivo de melhorar ou manter a saúde, que devem ser orientados por um profissional de educação física. Então, todo exercício físico é uma atividade física, mas nem toda atividade física é um exercício físico.

Diante do exposto, percebe-se a necessidade de ampliação das políticas públicas, incluindo a intersetorialidade, para melhorar a qualidade de vida e a saúde da população. Neste sentido, são ações necessárias:

• Criação de espaços públicos com oferta de alimentação saudável;

• Fortalecimento da segurança e iluminação nos espaços públicos  destinados à prática de exercícios físicos;

• Criação de espaços kids e fortalecimento de equipes multiprofissionais, a exemplo dos programas Academia da Saúde e Academia na Praça;

• Realização de eventos como feiras livres com ofertas de produtos sustentáveis, alimentos livres de agrotóxicos e apresentações esportivas e culturais, em praças dos bairros, condomínios, associações e escolas.

Por fim, acredito que a promoção à saúde é um desafio, mas não é impossível. Com a implementação das ações citadas, a população têm acesso à saúde através da tríade: atividade física, alimentação saudável e pensamento positivo, de forma acessível e com baixo custo.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário!


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade com mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página

 

Academia Médica
Luiz Duplat
Luiz Duplat Seguir

Médico Saúde da Família; Sub Secretário de Saúde Camaçari - Bahia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você