[ editar artigo]

Quando se tornou normal atacar a comunidade médica por simplesmente fazer o trabalho dela?

Quando se tornou normal atacar a comunidade médica por simplesmente fazer o trabalho dela?

No texto de hoje trazemos para nossos leitores a opinião de um cirurgião plástico norte-americano que faz uma reflexão sobre como a simples boa prática médica, baseada em evidências, se tornou motivo para toda comunidade médica sofrer ataques e até mesmo se digladiarem. Confira abaixo a tradução livre do seu texto que pode ser encontrado neste link.

Talvez eu não esteja prestando muita atenção. Perdoe-me, estou um pouco mais ocupado do que o normal. Quando se tornou aceitável ou aparentemente a norma atacar a comunidade médica por simplesmente fazer nosso trabalho?

Entendo que as corporações, especialmente as grandes empresas farmacêuticas, e todos os políticos têm vieses inerentes, pois lucros, constituintes e campanhas eleitorais influenciam suas agendas. No entanto, sempre foi uma das minhas crenças fundamentais que cientistas, autoridades de saúde pública e médicos optem por dedicar nossas carreiras à proteção de vidas, ao avanço do conhecimento e a servir nossas comunidades para a melhoria da condição humana. Todos sabíamos que esse caminho incluía grande recompensa e grande sacrifício pessoal.

Nós nos esforçamos para fazer recomendações de boa fé com base nas melhores informações que temos no momento. Nem sempre acertamos. Novos dados nos levam a abandonar posições anteriores e modificar nossos conselhos. Isso não é incompetência; não é "vai-e-vem". Estamos simplesmente seguindo os dados, analisando resultados e tendências e revisando nossas orientações com base no sucesso ou, igualmente importante, nas falhas de nossas intervenções.

Se nossas descobertas e opiniões não atendem às necessidades partidárias, religiosas ou da indústria, cada vez mais nos encontramos sendo publicamente desacreditados, humilhados, ameaçados e às vezes fisicamente atacados. Esforços governamentais e de interesse especial em vários níveis agora se voltam para esforços organizados e mal disfarçados para questionar nossa experiência, difamar e deslegitimar a gente.

Como nação, estamos voltando para a ditadura ou nos tornando uma república das bananas, onde os dissidentes simplesmente desaparecem à noite? Estamos testemunhando o surgimento de uma nova era das trevas da medicina e da ciência? Surpreenderia você se alguns de nós logo fossem “detidos” ou mergulhados em um lago para ver se flutuamos ou queimamos na fogueira por heresia? Isso deve assustar todo mundo.

 

Robert E. Tuchler é um cirurgião plástico norte-americano. Seu artigo original pode ser acessado clicando aqui, ou acessando o site: https://www.kevinmd.com/blog/2020/07/when-did-it-become-acceptable-to-attack-the-medical-community-for-simply-doing-their-jobs.html

 


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 186 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


 

Tradução livre realizada por Diego Arthur Castro Cabral

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler matéria completa
Indicados para você