Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Teste Genético para Doenças Cardíacas: Um Guia para Cardiologistas e Arritmologistas

Teste Genético para Doenças Cardíacas: Um Guia para Cardiologistas e Arritmologistas
Academia Médica
mai. 18 - 3 min de leitura
000

Os testes genéticos são como um sofisticado serviço de investigação que decifra nosso DNA para buscar pistas de doenças. Neste caso, estamos falando sobre doenças do coração. Mas, assim como numa investigação, precisamos ter certeza que estamos procurando as pistas certas - ou seja, os genes que realmente têm ligação com a doença que estamos investigando.

A Associação Americana de Genética Médica (ACMG) oferece uma espécie de manual para interpretar os resultados dos testes genéticos. Este manual ajuda a categorizar as diferenças que encontramos nos genes, chamadas de variantes genéticas, em diferentes grupos, como: Patogênica (causa a doença), Provavelmente Patogênica (provavelmente causa a doença), Variante de Significado Incerto (não sabemos se causa ou não a doença), Provavelmente Benigna (provavelmente não causa a doença) e Benigna (não causa a doença).

Às vezes, o teste pode revelar uma Variante de Significado Incerto (VUS). Imagine isso como um sinal de trânsito em uma língua estrangeira no meio do nosso mapa genético - não temos certeza do que ele significa. Quando isso acontece, uma equipe de especialistas pode ajudar a decifrar esse sinal, ou seja, avaliar mais a fundo a VUS e decidir se ela é provavelmente prejudicial (causa a doença) ou provavelmente benigna (não causa a doença).

Agora, por que isso é importante para você, cardiologista ou arritmologista? Bom, os testes genéticos podem ser uma ferramenta valiosa para diagnosticar e gerenciar doenças cardíacas. Eles podem nos ajudar a confirmar um diagnóstico, prever o curso da doença e até mesmo orientar o tratamento.

Por exemplo, em doenças como a Síndrome do QT Longo, a Cardiomiopatia Hipertrófica e a Cardiomiopatia Dilatada, o teste genético pode ter grande impacto diagnóstico, prognóstico e terapêutico. Por outro lado, em doenças como a Doença do Nó Sinusal e a Fibrilação Atrial, o teste genético pode não ser tão útil.

Por fim, é importante lembrar que, antes de solicitar um teste genético, é crucial discutir com o paciente e a família sobre o que esperar. Eles devem ser informados sobre como as doenças são transmitidas de pais para filhos e que ter uma variante genética específica não significa necessariamente que desenvolverão a doença.

Portanto, mesmo que o universo dos testes genéticos possa parecer uma terra estrangeira no início, com um pouco de conhecimento e orientação, eles podem ser uma ferramenta incrível para ajudar a entender melhor as doenças do coração e aprimorar o cuidado com os pacientes.


Gostaria de explorar ainda mais o universo da medicina de precisão? Quer mergulhar fundo nos conceitos que estão revolucionando o atendimento ao paciente? O nosso eBook "Desvendando a Medicina de Precisão: Conceitos Fundamentais para Médicos Especialistas" é o guia que você precisa.

Este eBook foi especialmente criado para médicos especialistas que estão iniciando sua jornada na medicina de precisão ou para aqueles que desejam ampliar seu conhecimento na área. De uma maneira simples e didática, explicamos o papel da genética na medicina, como os testes genéticos podem ajudar no diagnóstico e tratamento de doenças, e muito mais.

Por que ficar de fora da revolução da medicina de precisão? Clique no botão abaixo para baixar o eBook gratuitamente e começar a desvendar o fascinante mundo da medicina de precisão.




Denunciar publicação
    000

    Indicados para você