[ editar artigo]

A vida de uma dermatologista

A vida de uma dermatologista

Ess texto foi elaborado pela Dra Ewalda von Rosen Seeling Stahlke. CRM-PR 7384; RQE 589 Dermatologia RQE 62 Hansenologia.

A dermatologia é uma especialidade complexa e cativante. Apresenta interface com muitas outras especialidades. Atende a todas as idades, de zero a 100 anos ou mais, sendo que cada faixa etária apresenta suas particularidades. Envolve desde os cabelos e unhas até ao subcutâneo.

Por ser uma especialidade clínico-cirúrgica, sua abrangência inclui alterações hormonais, hematológicas, alérgicas, inflamatórias, infecciosas, degenerativas, congênitas, tumorais e estéticas. Todas estas áreas sofreram grandes avanços e portanto, a necessidade de constante aprimoramento. 

Muitas doenças internas e ou sistêmicas tem manifestações cutâneas, por vezes sendo o momento do da suspeição e do diagnóstico.

A especialidade, a nível nacional, promove anualmente campanhas com a participação voluntária de centenas de dermatologistas e residentes, sempre com caráter educativo, e por vezes também diagnóstico e resolutivo. Entre elas, temos psoríase, vitiligo, dermatite atópica, doenças congênitas, entre outras, e para citar as duas que ocorreram recentemente a Campanha de Câncer de Pele/Dezembro Laranja e de Hanseníase/Janeiro Roxo. 

Tive o privilégio de participar como voluntária de dezenas de campanhas, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da SBD-PR, da SESA-PR, Rotary e Associação Brasileira de mulheres Médicas – Regional do Paraná,  tando na cidade de Curitiba como em Guarapuava, de realizar treinamentos em hanseníase, proferir palestras sobre câncer de pele, doenças sexualmente transmissíveis, AIDS/HIV, doenças parasitárias superficiais, acne, e outras, para profissionais da saúde e comunidade.

Fui médica da SESA Paraná por 35 dos 40 anos de formada, coordenei por alguns anos, no início da carreira, o Setor de Hanseníase Dermatologia Sanitária do CRE Metropolitano ou CS da Barão e na sequência a nível estadual. colaborei assessorando a Coordenação de Hanseníase e aos colegas, mesmo após a aposentadoria.

Tive a honra de fazer parte de diversas diretorias da Regional Paraná da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), uma delas como presidente, também fiz parte do Conselho Deliberativo da SBD a nível nacional.

Como Conselheira do CRM-PR representei a especialidade por 15 anos, inclusive nas Câmara Técnica de Dermatologia e de Alergia do CRM-PR e por alguns anos na Câmara Técnica de Dermatologia do CFM. 

A dermatologia apresentou um grande crescimento com consequente aumento na procura por vagas de residência e para a realização da prova da especialidade, o que mostra a relevância da pele na medicina, pra a população e para os profissionais.

Considero ter sido abençoada pela escolha da especialidade, que permite exercer a medicina de maneira integrada. O trabalho no serviço público, em especial com pacientes de hanseníase, trouxe além do conhecimento, um  grande aprendizado humano pelo qual sou muito grata a todos eles, assim como aos colegas de trabalho, aos mestres, e à minha família que sempre me apoiou e entendeu a importância da minha especialidade e necessidade de estudar.

 


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 210 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você