[ editar artigo]

Apple quer dominar o seu hospital (e ajudar na sua saúde)!

Apple quer dominar o seu hospital (e ajudar na sua saúde)!

Para os que me conhecem, eu não sou nenhum apple maniaco. Não tenho Apple nem como smart thing, mas, nem por isso, deixo de me encantar pelo o que a empresa apresenta de soluções para o mundo.

Ontem tivemos o lançamento da nova série "iQualquer coisa" no evento global da Apple, com o fantástico iWatch, que agora pode realizar eletrocardiogramas e diagnosticar arritmias. A marca, pela primeira vez, conta com certificação do FDA como dispositivo médico (post AQUI). Esse acontecimento foi mais um motivo para eu pesquisar o que mais a gigante de 1 Trilhão de Dólares está fazendo para a saúde.

Me deparei com o Apple Healthcare e, tudo aquilo que eu vinha dizendo nos últimos anos nas inúmeras palestras e conferências que participei, está a cada dia mais perto de ser realidade. Um hospital rodando o iOS em todos os seus devices e nos devices de seus clientes pode ser o ponto de apoio para um sistema de saúde 360º real.

São soluções para hospitais, Clínicas, empresas de Saúde Suplementar, pesquisa clínica e, principalmente, pacientes. 

A transformação digital que a "Gigante Maçã" está proporcionando seria absurda se não estivessemos já tão integrados com o mundo digital. Hoje podemos realmente afirmar que não tratamos as possibilidades como ficção científica.

O exemplo acima é de um hospital de uma pequena cidade na pensilvânia. É realmente fantástico vislumbrar uma saúde tão transparente como o vídeo acima demonstra.

Como podemos observar ainda tem muito pouco feito para o centro cirúrgico. Aqui eu tenho o maior prazer de falar sobre a empresa do Anestesista Brasileiro Diógenes Silva, a Anestech, que poderá em breve ser integrada a todos aqueles sistemas de EHR que você viu no vídeo anterior. O próximo vídeo é um apanhado sobre anestesiologia 4.0 que o Diógenes produziu. Vale a pena ver como ele funciona.

O interessante são os resultados que a Anestech está colhetando e transformando em inteligência. Hoje de manhã recebi esse report deles sobre o uso de uma droga anestésica e o quanto o hospital pagou pela droga em um período de 37 dias. 

O interessante de estudar essas atividades da Apple na Indústria da saúde é observar que ainda ha um espaço enorme para a criação de empresas que aumentem a confiabilidade dos dados intra e extra hospitalares. Isso pode ser feito em qualquer lugar do mundo pois as diferenças entre os sistemas de saúde permitem a criação de soluções individualizadas para culturas diferentes.

Ter um sistema em comum, rodando aplicativos diferentes, em gadgets presentes em todos os lugares do mundo e no bolso de todos os pacientes e médicos pode ser a chave da interoperabilidade, diminuição de gastos, aumento do bem estar e da segurança dos profissionais e pacientes. 

Isso proporciona um terceiro ponto. Os gadgets da Apple podem ser uma importante ferramenta de coleta de dados para pesquisas médicas. O Research Kit é a plataforma base da apple para otimizar e melhorar a inteligência sobre a coleta de dados e seu processamento. Ainda com muito espaço para desenvolvimento para a plataforma, é um excelente caminho para criação de soluções nesse campo.

Estamos aqui para isso. Para te ajudar a desbravar esse mundo novo onde o médico e demais profissionais de saúde devem se envolver na criação das novas soluções.

Fique a vontade para usar a Academia Médica e a Health Innovation League para isso.

Um abraço a todos e até a próxima.

Referências:

Apple Healthcare
Anestech Innovation Rising
Health Innovation League - HIL 

Academia Médica
Fernando Carbonieri
Fernando Carbonieri Seguir

Inovação é sua forma de exercer a medicina. Em 2012 criou a Academia Médica, comunidade dedicada a "FALAR O QUE A FACULDADE ESQUECEU CONTAR". Membro Comissão do Médico Jovem do CFM, especialista em Bioética

Ler matéria completa
Indicados para você