[ editar artigo]

Câncer: a importância da prevenção e orientação em tempos de pandemia

Câncer: a importância da prevenção e orientação em tempos de pandemia

Prevenção e engajamento do paciente com o próprio cuidado são tão importantes quando o tratamento e a cura

Enquanto a curva de contaminação do novo coronavírus (COVID-19) não atinge uma velocidade considerada segura, os órgãos oficiais de Saúde recomendam o distanciamento social e medidas de prevenção. Porém, para quem já está com a imunidade baixa e o psicológico afetado, como os pacientes com câncer, a pandemia pode ser um monstro ceifador. Mas não é bem assim. É preciso mudar a forma como as pessoas lidam com essa nova doença e adotar medidas de prevenção, mantendo o bem estar e a continuidade do tratamento oncológico.

Essa é uma das principais recomendações que faço durante as imersões realizadas pelo projeto "Oncotour: Prevenir o Câncer é Melhor que Remediar", finalista no Prêmio Euro - Inovação em Saúde. Em muitos casos, o paciente com câncer em tratamento se encontra em uma situação de afastamento das atividades e relacionamentos sociais. Isso se deve, em parte, aos medicamentos e procedimentos como a radioterapia. Assim, temos uma pessoa que já está se sentindo isolada. Por isso, é preciso orientar familiares e pacientes sobre como se comportar diante da pandemia do coronavírus.

E mudar a forma como as pessoas lidam com as doenças, principalmente o câncer, é o objetivo central da equipe multidisciplinar que integra a Oncotour. O paciente oncológico precisa de cuidados específicos com relação à pandemia. Mas na questão psicológica, ele pode se valer das redes sociais e aplicativos de comunicação para manter o contato com amigos e familiares. A tecnologia, inclusive, pode ser um recurso para a comunicação entre médico e paciente.

No caso dos pacientes oncológicos, as principais recomendações de prevenção contra o coronavírus são:

  • Não interrompa seu tratamento oncológico
  • Caso haja suspeita de infecção, a consulta deve ser priorizada e o paciente, enquanto aguarda, precisa usar máscara cirúrgica e ficar em ambiente arejado
  • Se estiver na fase de seguimento, contate sua equipe médica para avaliar se é seguro adiar seus retornos para um período com menor disseminação do coronavírus
  • Evite contato com qualquer pessoa que tenha sintomas gripais, que esteja em investigação para possível infecção Covid-19, ou que tenha chegado do exterior (com ou sem sintomas gripais)
  • Se apresentar quadros como, febre, coriza, tosse seca, falta de ar, contate seu médico
  • Permaneça somente o tempo necessário em ambiente de clínicas e hospitais. Dentro do possível, evite contato físico direto, mesmo com o seu médico e a equipe de saúde
  • Só leve, no máximo, um acompanhante para um centro de tratamento oncológico. Essa pessoa não pode apresentar qualquer sintoma respiratório ou febre
  • Restrinja visitas hospitalares ao que for estritamente necessário

Prêmio Euro

O Oncotour é um dos finalistas do Prêmio Euro - Inovação na Saúde. O objetivo da premiação é reconhecer e incentivar a comunidade médica do Brasil na busca por soluções inovadoras em produtos, serviços e ações que resultem em ganhos potenciais e/ou efetivos para a qualidade de vida e bem-estar dos brasileiros.

O Prêmio Euro é exclusivamente voltado a médicos(as), devidamente registrados em seus conselhos regionais de medicina. Conheça outros projetos finalistas aqui.

 

Felipe Teles

Médico radioncologista do instituto do câncer de Curvelo - CRM 78977

 


Quer escrever?
Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 175 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!

Academia Médica
Felipe Teles de Arruda
Felipe Teles de Arruda Seguir

Médico radioncologista pelo Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - HCFMRP-USP , MBA Administração Hospitalar FGV, Radioterapeuta no Instituto do câncer do Hospital Imaculada Conceição em Curvelo

Ler conteúdo completo
Indicados para você