[ editar artigo]

Como fazer um poster científico?

Como fazer um poster científico?

Estamos na temporada dos congressos, conferências, simpósios e afins. E você, caro leitor do Academia Médica, provavelmente se interessa  por pesquisa e desenvolvimento.

Se você, assim como eu, tem duvidas de como fazer um pôster científico para um congresso ou conferência e então apresentar sua pesquisa mais recente, seus problemas acabaram.

O AM achou e traduziu um artigo do Med Scape sobre como fazer um pôster científico, dando o passo-a- passo para seu trabalho ser apresentado com sucesso, através de um belo pôster. Confira a seguir algumas dicas que a faculdade deveria te contar.

Introdução.

Um pôster científico é uma ilustração resumida de sua pesquisa mostrada em encontros e conferências. Um pôster é um bom jeito de apresentar suas informações porque pode atingir uma grande audiência, incluindo pessoas que podem não ser de sua área. Algumas conferências publicam os pôsteres, que podem contar como publicações científicas em seu currículo.

Um pôster de sucesso captura a atenção dos espectadores e comunica os pontos-chaves de forma clara e sucinta. O autor do Med Scape revisou 142 pôsteres num encontro nacional e encontrou que 33% estavam desordenadas ou desleixados, 22% tinham fontes muito pequenas dificultando uma leitura fácil, e em 38%, os objetivos da pesquisa não poderiam ser localizados em um minuto de observação. Evitar esses erros é importante para assegurar que seu pôster terá um impacto positivo.

De onde eu começo?

Se você terminou um projeto, você vai precisar o encontro ou conferencia certa pra inscrever seu resumo (abstract), isso se vice já não fez isso. Você também precisa perguntar pra seu supervisor ou consultor na área do seu artigo (no caso para seu orientador) por informações sobre conferencias relevantes onde você pode apresentar seu trabalho.

Geralmente, você será convidado a apresentar um resumo on-line. O guia de submissão de resumos no site pode orientar você em como fazer isso, assim como providencia outras informações valiosas como instruções de informações e prazos. Seu resumo deve dizer  o porquê seu trabalho é importante, os objetivos específicos, uma breve , porém clara explanação sobre os métodos, um sumário dos resultados principais, e as conclusões. O autor deste artigo não recomendaria adicionar o resumo em seu pôster a não ser que esteja no regulamento da conferência, porque um pôster já é uma descrição sucinta de seu trabalho, use isso como esboço pra seu pôster.

Siga os guias de submissão de resumos com cuidado, porque eles são diferentes dependendo da conferência. Comece enviando seu pôster com antecedência para evitar o estresse das filas, ou falhas de impressão de última hora.

Fazendo o design do pôster.

De acordo com a regra do 10-10, os espectadores gastam apenas 10 segundos observando os pôsteres quando estão a uma distância de 10 pés (aproximadamente 3 metros). Seu pôster deve ser bem definido, é preferível uma representação visual  com grandes blocos de texto. Diagramas, tabelas, fotografias e legibilidade ajudam a atrair pessoas. Guie os olhos dos espectadores de um quadro até o outro em um design de uma forma lógica do começo ao fim. Configure este padrão através de um formato de colunas, de modo que o espectador lê verticalmente em primeiro lugar, de cima pra baixo, movendo-se através das colunas da esquerda para a direita.

Exemplo 1:

778852-fig1

 

Fonte: http://www.medscape.com/viewarticle/778852_3

Texto e fonte

É importante  escrever em seu pôster de forma clara e fácil de entender – lembre que os leitores não vão dar muito tempo para isto. Use uma linguagem planejada e escreva em voz ativa (“ Nós fizemos isso”, ao invés de “Isto foi feito”). Evite jargões e acrônimos. Use linguagem simples e sentenças curtas. Edite impiedosamente. Se não é relevante para a sua mensagem, remova.

Evite o uso de letras maiúsculas em mais de uma frase, porque se torna difícil de ler. Deixe seu texto no mínimo, o menor possível. Quando for possível, use texto com marcadores, ao invés de blocos de frases e deixe espaço em branco em torno do texto e entorno do pôster.

Use fontes como Arial, Helvética, Times ou Times New Roman, que geralmente são consideradas legíveis para pôsteres. Se você quer um look diferente, considere Baskerville, Century Schoolbook ou Palatino. A fonte deve ser consistente ao longo do pôster e o texto deve ser legível a 5 ou 6 pés (aproximadamente 1,5 m). Use pelo menos 85 pontos no título, 56 pontos para os nomes dos autores, 36-44 pontos para subtítulos, 24-34 pontos para o corpo do texto, e 18 pontos para legendas.

Cores

Use cores que atraiam a atenção, organize, e use ênfases, mais não exagere. Use no máximo duas ou três cores e considere que as pessoas podem ter dificuldades para diferenciar as cores. Uma das formas mais comuns de daltonismo é diferenciar o vermelho do verde. Letras pretas com fundo branco são uma prática padrão, e fundos com figuras devem ser usados com cautela.

Software

Microsoft Power Point é fácil de usar e a maioria das pessoas tem acesso. Faça seu pôster em um único slide. Existem muitos outros programas que podem ser usadas para fazer o design do pôster, como QuarkXPress, InDesing, LaTex, e Scribuss ( que tem download de graça). Esses programas permitem controlar da quebra automática de texto em torno em torno de imagens e fluxo de texto entre os blocos de texto associados. Um programa especificamente projetado para edição de pôsteres científicos: PosterGenius.

Layout

O título é mais eficaz quando se refere a sua “mensagem global para levar para casa”. Isso deve incluir o âmbito da investigação, o design do estudo e os objetivos. Em geral o título deve ressaltar o assunto principal, mas não precisa mostrar todas as suas conclusões. O título deve ter entre 10 e 12 palavras, e a fonte deve ser grande, de 85 pontos. Se as palavras não cabem, encurte o título, não reduza o tamanho da fonte. E lembre-se, títulos em letras maiúsculas são difíceis de ler.

O autor que mais se envolveu com o projeto é citado primeiro e o mais velho (o mais experiente, o Senior) é citado por último. Alguns pôsteres têm as instituições a que os autores são afiliados.

Quebre seu pôster em seções, assim como num artigo científico. Nomeie todas as seções com títulos: introdução, método, resultados, conclusão, referências e agradecimentos.

  • Introdução

Escreva algumas breves sentenças para identificar o que já é conhecido sobre o assunto, o porque você fez esta pesquisa e os objetivos do seu trabalho.

  • Métodos

Explique o que você fez. Para um estudo incluindo pessoas, você deve declarar explicitamente se o estudo foi retrospectivo ou prospectivo, e se houve randomização. Suas análises de dados e estatísticas também devem ser descritas, incluindo qual o P valor você utilizou pra indicar diferenças significativas.

  • Resultados

Selecione os resultados mais importantes para suportar sua mensagem. Imagens e gráficos dizem mais do que palavras. Tabelas e figuras podem ser usadas para ilustrar os resultados de seu estudo, e devem ser claras, seguras, explanatórias e não complicadas. Elas devem ser numeradas, e referidas pelo numero no texto – por exemplo, “veja figura 1”. Tenha certeza de que as figuras têm título e legenda. Deixe o texto o menor possível, o mínimo. Gráficos e tabelas devem ter uma escala adequada e barras legendadas. Oriente o texto para os gráficos horizontalmente, incluindo legendas para barras verticais.

  • Conclusão

Escreva pouco, declarações claras explicando os principais resultados do estudo e por isso os resultados são interessantes ou importantes. Você pode, inclusive, sugerir direções para futuras pesquisas que ajudem a construir seu estudo atual.

  •  Referências

Referencias devem ser limitadas a cinco, e o tamanho da fonte deve ser menor do que o texto principal. Cheque com o site do congresso para instruções de formatação.

  • Agradecimentos

Escreva uma seção curta de agradecimentos para agradecer aqueles que ajudaram a completar sua pesquisa, assim como seu grupo de pesquisa ou patrocinador. Você deve explicitar qualquer conflito de interesses que possam existir.

Aspectos práticos

Descubra se a livraria próxima ao seu hospital, ou faculdade, tem instalações para imprimir seu pôster. Alternativa é mandar seu pôster para o site de uma gráfica e a impressão de seu pôster pode ser entregue em casa. Algumas conferências imprimem os pôsteres através do site e você pode retirá-los quando chegar lá.

Se você colocar seu pôster online, tenha certeza de que as dimensões estão de acordo com as especificações da conferência. Se você vai viajar com o seu pôster, tenha certeza de que seu pôster está num tubo plástico para proteger o papel de danos. Se você vai de avião, informe a equipe no check-in de que você tem uma bagagem de mão extra, assim você não terá problemas de extravio de bagagem no aeroporto.

Apresentando seu pôster

Quando para e olha, você deve estar preparado pra introduzir em 10 segundos e a pessoa pode estar apta a assimilar todas as informações e discutir com você em 10 minutos. Algumas conferências vão disponibilizar um tempo pra você apresentar seu pôster para um pequeno grupo de colegas que também tem pôsteres em sua categoria. Confira no site da conferência para mais detalhes.

Coloque um bilhete em seu cartaz listando as vezes que você está disponível para conselho ou avaliadores, e para aqueles que gostariam de discutir o pôster fora do tempo de apresentação formal. (Nota : Alguns congressos determinam quando você terá de apresentar seu pôster para a banca, e se é necessário permanecer junto de seu pôster para explicações para os visitantes.)

Prepare pequenas notas ou folhetos contendo os pontos principais para os participantes levarem. Torna mais fácil para um participante da conferência entrar em contato com você depois. Tenha seus dados de contato claramente visíveis em seu pôster. Os pôsteres são uma ótima maneira de obter feedback de seus colegas, para networking  e colaboração, estes podem apoiá-lo a inscrever a sua pesquisa para publicação numa revista.

Para mais exemplos e dicas acesse:

http://www.ncsu.edu/project/posters/ExamplePosters.html

http://phdposters.com/gallery.php

http://www.writing.engr.psu.edu/posters.html

Fonte:  www.medscape.com

 

Academia Médica
Fernando Carbonieri
Fernando Carbonieri Seguir

Inovação é sua forma de exercer a medicina. Em 2012 criou a Academia Médica, comunidade dedicada a "FALAR O QUE A FACULDADE ESQUECEU DE NOS CONTAR". Membro Comissão do Médico Jovem do CFM, Palestrante, Hacking Health Curitiba e Brasil

Ler matéria completa
Indicados para você