[ editar artigo]

Desculpe pelos efeitos adversos

Desculpe pelos efeitos adversos

A gente sabe que ao longo da vida o cérebro vai sofrendo modificações, que podem ser influenciadas por fatores epigenéticos (mudanças em ligações químicas no DNA, mas que não modificam a estrutura do DNA), fatores genéticos herdáveis (modificam a estrutura do DNA) e ambientais.

Porém ainda nos deparamos com o questionamento de como essas modificações acontecem. Sim, as pesquisas científicas lideradas por Harvard estão chegando lá. E não é só isso: precisa de um diagnóstico preciso por parte da psiquiatria ou neuro? Harvard também tá chegando lá.

Em um recente estudo realizado por pesquisadores da Harvard Medical School no Massachusetts General Hospital  e publicado online na  Nature Communications, descobriu-se o papel da micróglia no desenvolvimento do adolescente diferente para homens e mulheres. Clique aqui para ler o artigo em inglês.

Na adolescência sofremos uma reestruturação cerebral, a PODA. Ela é feita por células do sistema imune inato responsáveis por uma faxina no cérebro, as micróglias. Ela é diferente entre homens e mulheres, machos e fêmeas no reino animal E, entre o mesmo sexo, também influencia os diversos comportamentos neuropsiquiátricos. O que a gente sente e faz está muito além da nossa capacidade. Sim, não temos culpa. A culpa é da micróglia que decide o que fica e o que vai.

Não somos jamais perfeitos, e a micróglia decidiu isso bem antes de nós. Desculpa as minhas micróglias. Mas até que ponto poderemos justificar as nossas "falhas"? Podemos moldar o comportamento de maneira consciente, mas inconscientemente sempre seremos os mesmos.

Aos comportamentos que queremos combater não existe a cura, mas uma DIREÇÃO da cura. E estaremos sempre na direção dela. É o caminho. Pode ser que um dia a psiquiatria e neuro evoluam tanto a ponto de modificar a estrutura do cérebro que me faz mais ansiosa do que o resto das pessoas. Até lá, só me cabe pedir desculpas pelo transtornos (risos) causado pela minhas células do sistema imune inato.

Academia Médica
Marcela da Silveira Rocha
Marcela da Silveira Rocha Seguir

Estudante de Medicina Universidade Nove de julho - GRU

Ler matéria completa
Indicados para você