[ editar artigo]

Dicas para ajudá-lo a superar seus maus hábitos criados durante a pandemia

Quando a pandemia da COVID-19 começou nos Estados Unidos, e os estados emitiram ordens de permanência em casa, muitas pessoas prometeram usar seu tempo em casa de forma positiva, aprendendo novas habilidades, virtualmente como voluntário e ficando em forma. Agora, mais de um ano após o início da pandemia, muitos desses planos para melhorar a nós mesmos caíram no esquecimento, e as pessoas desenvolveram hábitos menos saudáveis ​​em resposta ao estresse contínuo e à incerteza.

Estes maus hábitos desenvolvidos durante a pandemia estão a ter um efeito significativo sobre o bem-estar físico e mental, de acordo com uma recente publicação lançada pela Associação Psicológica Americana (APA). A pesquisa destacou o aumento de vários comportamentos prejudiciais à saúde, incluindo um aumento no número de pessoas relatando ganho ou perda de peso indesejado, aumento do uso de álcool e padrões de sono interrompidos.

Dos adultos que responderam à pesquisa, 42% disseram que ganharam peso. E o ganho de peso médio foi significativo - 13 Kg. Dos entrevistados que relataram ganho de peso, 50% disseram que ganharam ainda mais do que a média, com um ganho de peso de mais de 50 quilos.

O estresse relacionado à pandemia também afetou significativamente a quantidade de álcool que as pessoas estão consumindo. Aproximadamente 23% das pessoas entrevistadas pela APA disseram que bebiam mais álcool para lidar com o estresse. Um estudo da RAND Corporation descobriu que o uso de álcool por mulheres está aumentando ainda mais do que o uso por homens. Os dados coletados no estudo mostraram que as mulheres aumentaram seus dias de consumo excessivo de álcool (quatro ou mais drinques em uma ocasião) em 41% em comparação com antes do início da pandemia.

O sono foi afetado negativamente pela pandemia. Na pesquisa da APA, 67% dos entrevistados disseram que dormiam menos ou mais do que o desejado, sinais potenciais de ansiedade e depressão. Uma pesquisa nacional do BlueCross BlueShield também descobriu vários hábitos pouco saudáveis ​​aumentandos durante a pandemia, incluindo:

  • Aumento de 23% no consumo de álcool em casa
  • Aumento de 19% no tabagismo e aumento de 15% na vaporização
  • Aumento de 13% no uso de drogas não médicas

A pandemia também reduziu o tempo que muitas pessoas gastam em comportamentos saudáveis, como exercícios. Uma pesquisa internacional descobriu que a quantidade média de tempo que as pessoas gastam participando de atividades físicas caiu de 108 para 72 minutos por semana, enquanto o tempo gasto sentado aumentou de 5 para 8 horas por dia.

Mas você pode mudar isso adotando algumas estratégias para ajudá-lo a reconstruir hábitos saudáveis

Geralmente, leva cerca de dois meses para construir ou reconstruir um hábito, então não fique frustrado se sua mudança de comportamento levar algum tempo. Essas estratégias o ajudarão a começar a renovar seus hábitos e a manter comportamentos saudáveis ​​por muito tempo.

Pense por que você está fazendo o que está fazendo

Uma vez que um comportamento se torna um hábito, nós o fazemos sem parar para pensar sobre o que estamos fazendo ou por quê. Para quebrar o hábito, antes de servir uma taça de vinho ou encher uma tigela com batatas fritas, pare conscientemente e considere o que o está motivando. Você está comendo comida reconfortante porque está estressado ou a está usando como recompensa? Você está bebendo para entorpecer os sentimentos de ansiedade ou tristeza ou acalmar uma mente ocupada? Você está pulando o exercício porque está sobrecarregado ou enfrentando mais demandas de seu tempo por parte da família e do trabalho?

Não tente redefinir todos os seus comportamentos de uma vez

Comece escolhendo um comportamento, como comer no sofá enquanto assiste TV ou vídeos, e escolha uma pequena ação que irá mover o comportamento em uma direção mais saudável. Você pode fazer questão de comer à mesa pelo menos três noites por semana, por exemplo.

Seja intencional

Trabalhar em casa tem levado muitas pessoas a desenvolver hábitos pouco saudáveis, incluindo trabalhar regularmente horas extras porque não há um fim claro para o dia de trabalho e não fazer pausas para almoçar ou dar um passeio. Você pode combater essa indefinição da linha entre trabalho e casa e o estresse que isso causa desenvolvendo e seguindo uma rotina intencionalmente. Defina um horário regular de início e término para o seu dia de trabalho. Tire meia hora do computador para almoçar. Agende pausas curtas para se movimentar, dando uma curta caminhada ou fazendo alguns alongamentos.


Quer escrever?
Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Miles J. Varn  é o CEO da  PinnacleCare e pode ser contatado no  LinkedIn. Texto traduzido e adaptado por Diego Arthur Castro Cabral.

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você