[ editar artigo]

Dilma mente e aumenta seu esculacho com os médicos brasileiros

Dilma mente e aumenta seu esculacho com os médicos brasileiros

Dilma mente e aumenta seu esculacho com os médicos brasileiros

É triste começar um texto com mais uma prova de que vivemos em um país onde os políticos não dão a menor importância para seu povo, e muito menos por aqueles responsáveis pelo cuidado da saúde da população. Mais uma vez, nós médicos e acadêmicos de medicina, fomos açoitados, esculachados, esmurrados e destinados ao ostracismo dentro de nosso próprio país.

Em pronunciamento ontem em jantar com editores de publicações esportivas, a Chefe do Executivo anunciou a seguinte frase:

"Os médicos cubanos são mais atenciosos do que os brasileiros. São os preferidos dos prefeitos".

Além de demonstrar claramente a oportunista que a Presidente é, tal declaração afirma a necessidade de apagar toda a credibilidade que todos aqueles que realmente se esforçaram para se tornar médicos possuíam.

E por que isso? Por que o PT esculacha mais de 400 mil médicos brasileiros, contribuintes, pagadores de impostos, há 2 dias do Dia do Trabalho?

definição de escravo segundo o google definição de escravo segundo o google

Entendemos que ela o faz isso unicamente para defender a aberração que é o Mais Médicos. Há muito em jogo depois de padilhar o Ministério da Saúde. Há a reeleição, a eleição do ex-ministro, os bilhões gastos em propaganda para fantasiar os médicos do Sinhô Castro, e, há a parte do "salário" pago ao governo cubano que deve voltar ao Brasil durante a campanha eleitoral. Ou seja, Muito Poder e Muito Dinheiro.

O programa Mais Médicos é a importação de escravos cubanos disfarçada de altruísmo para com os mais pobres. Incapaz de melhorar as condições do SUS, o governo criou um slogan e encontrou uma saída demagógica para o problema: trazer milhares de “médicos” cubanos, sendo que uma fortuna é deixada nas mãos do ditador Castro e os profissionais que aqui chegam sequer comprovam seu conhecimento no teste Revalida.

Sitiados, os representantes da nossa classe não conseguem mais responder a altura diante dessa monarquia. O presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Florentino Cardoso, disse: “Quando vamos a um médico, não queremos um afago. Ele precisa ouvir nossos sintomas e chegar a um diagnóstico eficaz. E posso dizer que os médicos brasileiros são atenciosos e muito competentes”.

Mas isso importa para prefeitos? É óbvio que não. Como a maioria dos políticos apodrecidos pelo poder, tais prefeitos passaram a "ganhar" os médicos castrados do governo. Por isso gostam tanto. Encolhendo o orçamento da secretaria de saúde, diminui a obrigação do prefeito com o cidadão... Simples não?

Isso a presidenta não declara. Não declara que as unidades de saúde são precárias, que não ha gasolina nos carros para levar os médicos a área rural, que a gestão dos recursos é falha, incompetente e sujeita a roubalheira tão anunciada dia-a-dia. E mais uma vez a gente se depara com a falta do medicamento correto, das bandagens, suturas, exames, uti, cirurgias...

Estamos cansados desse esculacho que teve volume aumentado em julho do ano passado. Somos humilhados diariamente. Humilhados em pagar ( hoje é dia de entregar o imposto de renda) 27,5% de tudo que ganhamos para estes feitores do sistema escravagista Brasil/Cuba.

Chega de esculacho do governo. #EuNãoMereço

Academia Médica
Fernando Carbonieri
Fernando Carbonieri Seguir

Empreendedor serial em saúde com cases de transformação digital reais que já impactam milhões de vidas. Crio uma arena de discussões para que o conhecimento seja compartilhado e construído para que a saúde e a medicina evoluam!

Ler conteúdo completo
Indicados para você