[ editar artigo]

Doutor! Responda minha mensagem de texto!!!

Doutor! Responda minha mensagem de texto!!!

Doutor! Responda minha mensagem de texto!!!

É evidente que a relação médico-paciente não é mais a mesma. A proximidade que a revolução digital acrescentou a todas as relações humanas é impressionante. Já incorporada na natureza das pessoas, a velocidade da comunicação e o acesso a quem se deseja, a qualquer hora pode ser um fator que auxilia a vida do profissional médico.

Pelo WhatsApp, Skype, Facebook, SMS ou mesmo pelo “bom” e velho telefone, nossos pacientes nos procuram para maiores explicações sobre suas dúvidas com a mesma liberdade que eles têm dentro do consultório. Não há mais a barreira da porta do teu consultório, da secretária, da locomoção do paciente até você. Ele o quer, e quer agora.

Essa relação pode ser muito difícil, pois a gestão destes meios de comunicação demanda tempo e provavelmente leva a alguns aborrecimentos, de ambas as partes:

Do médico: por gerir aproximadamente 4 mil pacientes no consultório, a comunicação livre e irrestrita cria uma demanda absurda de mensagens a serem respondidas pelos diversos programas que o paciente utiliza para entrar em contato. Médicos relatam inclusive que foram adicionados a grupos familiares com o intuito de responder a todas as perguntas que emanassem daquele espaço. São pelo menos 120 minutos diários dedicados ao smartphone na comunicação com o paciente. Os pacientes não sabem, mas médicos comem, dormem, tem família e também ficam indispostos.Ebook - Doutor, responda minha mensagem de texto

Do paciente: a ansiedade do paciente é compreensível para nós, entretanto, aquele que não é bem atendido no pós-consulta, provavelmente ficará insatisfeito com o andamento da sua atenção. Hoje, ele quer conversar com O MÉDICO, e com esses canais a possibilidade está presente. Mas, e se o médico não responde?

Visto que a nossa máxima é beneficiar o paciente sempre, precisamos mudar os paradigmas da comunicação médico-paciente. Precisamos torná-la prática e segura. Precisamos de uma maneira de manejar a atenção ao paciente mesmo a distância, sem perder dados ou informações sobre o paciente.

Por esse motivo, nossos parceiros do Medicinia (revisado AQUI) resolveram escrever um ebook, e disponibilizá-lo para nossos leitores. A ideia é mudar o mindset que permeia todas as nossas relações com os pacientes no ambiente extra-consultório.

A Dermatologista Cristiane Benvenuto, idealizadora deste ebook, afirma que “Um médico conectado tem nas suas mãos ferramentas de fazer inveja ao restrito mundo de relações de seus antecessores analógicos de uma década atrás”.

Quer saber mais como você pode utilizar as ferramentas da revolução da comunicação no seu dia-a-dia clínico, não deixe de ler este ebook “Doutor, responda a minha mensagem de texto! ” – São 12 páginas que podem alterar o seu mindset sobre o assunto.

Academia Médica
Academia Médica
Academia Médica Seguir

Página da redação do Academia Médica para noticiar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler matéria completa
Indicados para você