{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
Guia de Antibioticoterapia Baseada em Evidências - GABE
[editar artigo]

Guia de Antibioticoterapia Baseada em Evidências - GABE

Guia de Antibioticoterapia Baseada em Evidências - GABE

A decisão pelo antibiótico correto pode ser um pouco complexa. Devido ao mal uso destes medicamentos e a seleção bacteriana induzida pelas más praticas de antibioticoterapia proporcionam maior dificuldade no tratamento dos nosso pacientes e consequente uma elevação dos gastos com a cura do enfermo.

Nesta linha o GABE, aplicativo produzido pela Infectopedia, sob orientação dos professores de infectologia Felipe Francisco Tuon (UFPR e FEPAR) e Jaime Luis Lopes Rocha (PUC-PR), promete ser um bom conselheiro que o ajude na opção medicamentosa.

Na realidade este guia não contempla todas as opções que estão disponibilizadas nos guidelines ou consensos como parece dizer o nome e nem sequer as discute. Não é este o foco!

Como toda ação da CCIH de um hospital o aplicativo foi feito baseado na população microbiana da epidemiologia local de um grande hospital universitária (700 leitos) de uma grande cidade.

Isso torna esse aplicativo especial, pois ele seleciona, entre as opções disponíveis nos guidelines aquelas que são as melhores para a realidade local, que pode também ser a realidade de outros hospitais e não necessariamente as mesmas dos países desenvolvidos, onde a maioria dos guidelines são publicados.

O Guia é direcionado exclusivamente para as infecções hospitalares ou aquelas infecções cujos pacientes serão hospitalizados. Para as infecções comunitárias, o mesmo grupo que criou este aplicativo, tem um outro app chamado GAPS (Guia de Antibioticoterapia no Pronto Socorro).

O GABE contempla quase todas as infecções, tem ajustes para função renal, avisos para lactação e amamentação. O que torna um atrativo neste aplicativo são ajustes de dose para hipoalbuminemia, o que não vemos em outros aplicativos de antibióticos. Outro fator diferencial são os esquemas de dose para locais exóticos, como intravítreo, intraperitoneal e intratecal, lugares que não estamos habituados a usar antibióticos.

Quando você seleciona o esquema de tratamento, todos os medicamentos vem com uma bula, embora elas nao sigam um padrão, pode ajudar em algumas dúvidas. Alguns esquemas não estão com bulas, mas é a minoria.

O aplicativo apresenta uma parte sobre orientações de fungos hospitalares, queimados e neutropênicos febris. A pediatria ainda não foi abordada, algo que deve acontecer em breve.

Todos as partes dos esquemas tem referências bibliográficas, algumas com link e outras não. O aplicativo já está na sua segunda atualização, com a promessa de atualização constante, pois baseia-se no protocolo padrão do Hospital Evangélico de Curitiba. Isto é, os médicos e residentes que usam o aplicativo sabem sempre quando muda o esquema de escolha dos tratamentos naquele hospital, pois o controle de infecção hospitalar libera automaticamente os antibióticos que estão no protocolo. Os que não estão no protocolo necessitam passar por uma avaliação dos infectologistas.

Em resumo, um programa barato para Android e iOS ( 1,99 dolar - menos que um expresso), prático e indispensável para quem trabalha com pacientes hospitalizados. A atualização nos deixa tranquilos quanto as novidades e o fato de ser um aplicativo nacional, trabalha com a nossa realidade. Vale a pena experimentar.

Prós:


OKAplicativo barato
OKApresenta a realidade epidemiológica brasileira e a ATB terapia correta para cada patógeno hospitalar
OKAtualizado com as últimos guidelines que podem impactar na sua prática
OKAtualizações constantes
OKDiminui a probabilidade de seleção bacteriana no ambiente hospitalar
OK Possui esquemas terapêuticos quase nunca encontrados em apps de antimicrobianos, como administração intratecal
OK Um só app para a enorme maioria das infecções de tratamento hospitalar

Contras:


X Faltam alguns comandos que melhorariam a navegação no app

X poderia ser mais rápido - isto não atrapalha realmente, pois o app é usado no momento da prescrição, que permite um tempo maior para adequar o melhor tratamento ao paciente

Baixe para seu Tablet ou Celular e acerte no seu tratamento!!!

 

appstoregoogleplay

Academia Médica

Academia Médica

Página da redação do Academia Médica para noticiar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar