[ editar artigo]

Não encaminhe a maioria das crianças com hérnias umbilicais a um cirurgião pediátrico até os 4 ou 5 anos

Não encaminhe a maioria das crianças com hérnias umbilicais a um cirurgião pediátrico até os 4 ou 5 anos

Pacientes com hérnias umbilicais podem ser observados com segurança até pelo menos 4 anos de idade; nesse ponto, a consulta cirúrgica pediátrica é recomendada para discutir a opção de reparo cirúrgico. Consideração especial para consulta antecipada pode ser dada em casos de preocupação dos pais.

As hérnias umbilicais, decorrentes da falha no fechamento completo do anel umbilical após o nascimento, afetam até 25% dos recém-nascidos. Ao contrário das hérnias inguinais, ou hérnias umbilicais em adultos, a maioria das hérnias umbilicais neonatais se fecha espontaneamente - taxa de fechamento de cerca de 85% aos 5 anos de idade.

Hérnias umbilicais maiores - vagamente definidas como aquelas com mais de 1,5 cm de diâmetro - têm menor probabilidade de fechamento espontâneo. Complicações da hérnia umbilical, como encarceramento (onde o omento ou intestino está "preso" no saco herniário, estimado em 0,2-4,5%) ou estrangulamento (onde o omento ou intestino está encarcerado e passa a sofrer dano isquêmico, estimado em menos de 0,8 %) são muito raros; assim, a relação risco / benefício no fechamento cirúrgico de hérnias umbilicais favorece fortemente a observação. Mesmo as hérnias umbilicais marcadamente grandes ou protuberantes (como uma tromba ou hérnia do tipo tromba de elefante) podem sofrer fechamento espontâneo e não estão claramente associadas a um risco aumentado de complicações quando não fechadas cirúrgicamente. As técnicas de fechamento não operatórias, como o enfaixamento umbilical, geralmente são ineficazes, podem levar à ruptura da pele e devem ser evitadas.

As complicações após a correção de hérnia umbilical em crianças são raras e podem incluir infecção (estimada em menos de 1%) e recorrência (estimativas variando de 0,27% a 2,44%). As taxas de recorrência parecem ser maiores em crianças reparadas em uma idade precoce (menos de 4 anos).


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Referências

  1. AAP SOSu – Avoid Surgery Referral for Umbilical Hernias until Age 4-5 | Choosing Wisely. 4 de Novembro de 2019, https://www.choosingwisely.org/clinician-lists/aap-sosu-avoid-surgery-referral-for-umbilical-hernias-until-age-4-5/.

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você