[ editar artigo]

OMS lança plano de ação global para segurança do paciente

OMS lança plano de ação global para segurança do paciente

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a segurança do paciente é fundamental para a prestação de cuidados de saúde em todos os ambientes do cuidado em saúde. No entanto, eventos adversos evitáveis, erros e riscos associados aos cuidados de saúde continuam a ser grandes desafios para a segurança do paciente em todo o mundo.

Hoje, os danos ao paciente devido a cuidados inseguros são um grande e crescente desafio de saúde pública global e uma das principais causas de morte e invalidez em todo o mundo. A maior parte dos danos ao paciente é evitável. À medida que os países se esforçam para alcançar a cobertura universal de saúde e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os efeitos benéficos da melhoria do acesso aos serviços de saúde podem ser prejudicados por cuidados inseguros. Os incidentes de segurança do paciente podem causar morte e invalidez e sofrimento para as vítimas e suas famílias. Os custos financeiros e econômicos das falhas de segurança são altos.

Frequentemente, a confiança pública e a confiança nos sistemas de saúde locais são reduzidas quando tais incidentes são divulgados. Os profissionais de saúde envolvidos em incidentes graves envolvendo morte ou dano grave a um paciente também podem sofrer dano psicológico duradouro e sentimentos profundos de culpa e autocrítica.

A septuagésima segunda Assembleia Mundial da Saúde que foi realizada em 2019 adotou a resolução WHA72.6 que trata sobre ação global de segurança do paciente e determinou o desenvolvimento de um plano de ação global para a segurança deles.

Este plano de ação global foi adotado pela septuagésima quarta Assembleia Mundial da Saúde que ocorreu em 2021 com a visão de “um mundo em que ninguém seja prejudicado na área da saúde e todos os pacientes recebam cuidados seguros e respeitosos, todas as vezes, em todos os lugares”.

O objetivo do plano de ação é fornecer orientação estratégica para todas as partes interessadas para eliminar os danos evitáveis ​​na assistência à saúde e melhorar a segurança do paciente em diferentes domínios de prática por meio de ações e políticas sobre segurança e qualidade dos serviços de saúde, bem como para a implementação de recomendações no ponto de cuidado. O plano de ação fornece uma estrutura para os países desenvolverem seus respectivos planos de ação nacionais sobre segurança do paciente, bem como alinhar os instrumentos estratégicos existentes para melhorar a segurança do paciente em todos os programas clínicos e relacionados à saúde.

Se interessou? Clique aqui e baixe a versão gratuita e em inglês do documento na íntegra.


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Referências

  1. Integrated Health Services. Global Patient Safety Action Plan 2021-2030 [Internet]. Who.int. World Health Organization; 2021 [cited 2021 Aug 9]. Available from: https://www.who.int/publications/i/item/9789240032705

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você