[ editar artigo]

Os bons, os maus e os feios na Saúde Global em 2019

Os bons, os maus e os feios na Saúde Global em 2019

Avaliar o que deu certo e errado durante a transição de um ciclo é uma das forma de continuar melhorando e corrigir os erros para que não se repitam. Esse pensamento pode ser aplicado em diversas situações, porque não na saúde?

Para encerrar o ano de 2019, a CNN Health (editoria de Saúde do canal americano de notícias) fez uma retrospectiva dos bons, maus e feios acontecimentos na área da saúde global durante último ano.  Avançamos muito em diversos setores - e isso é ótimo -, mas ainda estamos aquém do esperado em pontos importantes da saúde global. Como podemos melhorar isso?

Listamos alguns dos principais fatos logo abaixo. Para conferir a reportagem completa no site da CNN, clique aqui.

O bom

    O mal

    • O mundo ainda não está pronto para uma epidemia. Os casos de sarampo aumentaram 17% e ainda matam mais de 100 mil crianças por ano. 
    • Após cinco décadas de declínio em ataques cardíacos e mortes por derrame nos EUA, o progresso parou

    O feio

    • O ano foi marcado por um surto de lesões nos pulmões associadas aos cigarros eletrônicos. 
    • O surto de Ebola na República Democrática do Congo evidenciou a violência contra trabalhadores da saúde. Centenas de profissionais foram mortos enquanto prestavam assistência médica. 
    •  O casos de poliomielite (que estava prestes a ser erradicada) quadruplicaram relação a 2018. 
    • O mundo continua sem tomar medidas suficientes sobre as mudanças climáticas. As mortes por eventos climáticos extremos e doenças transmitidas por vetores aumentaram.

     

    Para ler o texto completo publicado na CNN Health, clique aqui ou acesse o linkhttps://edition.cnn.com/2019/12/27/health/global-health-year-in-review/index.html

     


    E no Brasil? Quais foram os melhores e piores acontecimentos na Saúde em 2019?

    Comente abaixo.

     

    Academia Médica
    Juliana Karpinski
    Juliana Karpinski Seguir

    Community Manager na Academia Médica, jornalista e acadêmica de Medicina na Universidade Federal do Paraná.

    Ler matéria completa
    Indicados para você