[ editar artigo]

Os hospitais mais arquitetônicos do mundo

Os hospitais normalmente não são lugares associados ao prazer - podemos dizer que a maioria das pessoas só adentra a um hospital quando vão visitar seus queridos ou quando estão doentes. Tradicionalmente eles não são visualmente bonitos e a sensação de esterilidade normalmente é quebrada por apenas uma televisão fixada na parede.

Não é o nosso caso... Escolhemos ser médicos, e hospitais e clínicas são a nossa segunda casa. Infelizmente a maioria dos hospitais que nós trabalhamos não lembra nem um pouco nosso lar.

Entretanto, uma nova geração de plantas médicas estão mudando essa percepção dos hospitais. Esses lugares apresentam uma visão mais holística na atenção à saúde, pois consideram o ambiente também como um fator de cuidado ao paciente. Como resultado, os hospitais dessa lista são mais acolhedores e diversos em comparação aos prédios tradicionais. Lembrando que a atenção à saúde do paciente permanece como o objetivo primário, muitos colocam o cuidado com o abiente quase no mesmo patamar que seus clientes.

Pensar na arquitetura como forma de melhorar o cuidado tem sido a vertente dos grandes hospitais do mundo. Não apenas para aqueles que podem pagar, as plantas médicas modernas visam integrar o local com a sociedade que o cerca, muitas vezes fazendo o paciente realmente se sentir em casa, e, dessa forma, aumentar a taxa de sucesso na assistência à saúde.

Esta lista a seguir foi sugestionada pelo site http://onlinemastersinpublichealth.com/, que contou com a ajuda da arquiteta Yohani Kamarudin

Winnie Palmer Hospital for Women & Children – Orlando, Florida

Com um visual impressionante, o Winnie Palmer Hospital for women & Children, a uma primeira olhada, parece ser uma coisa totalmente diferente. De fato é. Ele foi contextualizado para parecer um hotel. A estrutura é feita com vidros pretos sustentados por torres que surgem a partir de uma base triangular. O conceito empregado permite acessar os recursos mais facilmente, auxilia a movimentação dos pacientes e funcionários de forma mais eficiente, além disso, simplifica o monitoramento das atividades de ambos. O hospital foi terminado em 2006 e agora ocupa um espaço bastante distinto da paisagem de Orlando

Rush University Medical Center – Chicago, Illinois

Em 2012, o Rush University Medical Center, em Chicago, abriu as portas e transformou o campus após a reforma do complexo de 175 anos. Esse hospital universitário agora apresenta um designe que atende as atuais demandas atuais e futuras do cuidado a saúde. Ele é resultado do trabalho do escritório de arquitetura Perkins+ Will, que trabalhou junto aos usuários do hospital durante a fase de projeto para criar um ambiente de trabalho otimizado. É uma construção que se incorpora à paisagem da cidade.

 

Akershus University Hospital – Nordbyhagen, Norway

Akershus University Hospital 1

Com o Akershus University Hospital foi realizado um trabalho para proporcionar a familiares e pacientes um ambiente mais amigável. A cada seção foi dada um tratamento único, diferenciando-as das outras visando promover uma estimulação visual variada. O Hospital fica em Nordbyhagen, Noruega, e utiliza aguas termais para a maior parte do seu sistema de calefação. A sustentabilidade foi um importante fator durante sua construção, pois os materiais vieram de fontes locais. O novo hospital abriu em 2008, entretanto o trabalho continua no departamento de emergência até 2014. Em 2009 o hospital ganhou o prêmio internacional de design no Buiding Better Healthcare Awards.

Benjamin Russell Hospital for Children – Birmingham, Alabama

 

O Benjamin Russel Hospital for Children é, em área, o terceiro maior hospital infantil dos Estados Unidos. Com faixada de vidros refletivos e concreto branco  foi concebido pela HKS, que possibilitou a construção de um hospital que seja menos hostil as crianças enfermas. O interior dos andares são coloridos e fáceis de navegar (há um rio que guia as pessoas pelos andares). As janelas promovem visão ampla e luz natural em todos os ambientes. O hospital, que abriu em agosto de 2012, ja possui certificação completa.

Se ainda não assistiu o vídeo acima, assistam e fiquem de boca aberta. O custo total da obra foi de 260 milhões de dólares (muito menos que muitos estádios da copa).

Os hospitais mais arquitetônicos do mundo - Próxima página >>

Academia Médica
Fernando Carbonieri
Fernando Carbonieri Seguir

Inovação é sua forma de exercer a medicina. Em 2012 criou a Academia Médica, comunidade dedicada a "FALAR O QUE A FACULDADE ESQUECEU DE NOS CONTAR". Membro Comissão do Médico Jovem do CFM, Palestrante, Hacking Health Curitiba e Brasil

Ler matéria completa
Indicados para você