[ editar artigo]

Uma carta para minha lembrança

Uma carta para minha lembrança

Existem coisas que marcam nossas vidas. E quando isso acontece, a coisa em si se transforma em lembrança, a qual sempre carregamos conosco.

Algumas boas, outras nem tanto.

Escrevo esse texto um atendimento médico para vocês, pois fui tomada por uma de minhas lembranças hoje (de quando acompanhei minha mãe em uma consulta oncológica), a qual gostaria de compartilhar com meus colegas acadêmicos e médicos já formados. Escolhi a fazer em forma de carta, pois desejo que a mesma sirva de reflexão e lembrança a todos nós. Especialmente a mim, para que eu jamais esqueça dessa experiência enquanto estiver cuidando de meus pacientes.

 

Futura médica,

Lembre-se do sentimento de hoje, de tudo que você sentiu durante aquele atendimento da Dra."loira".

De ver o oposto da empatia médica para com sua mãe, e, como dói quando é a mãe da gente... 

E tristemente, não pude fazer nada. Uma estudante do quinto ano de medicina que já presenciou muitos atendimentos, dos quais aquele tinha sido o mais desumano sem dúvida.

Então Júlia, quero que você se lembre de atender TODOS os seus pacientes como se fossem sua MÃE, pois tem alguém que os amam da mesma forma como você ama sua progenitora.

Quanto a não poder ter feito nada naquele momento, ao menos essa experiência serviu e servirá, para o resto de minha profissional, como um excelente exemplo da médica que não quero ser.

Atenciosamente,

J.P.

 

E você? Como enxerga os atendimentos médicos? Conte pra gente aqui nos comentários!

Academia Médica
Ler matéria completa
Indicados para você