{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
Uma causa importante de cegueira reversível: A Catarata!
[editar artigo]

Uma causa importante de cegueira reversível: A Catarata!

Uma causa importante de cegueira reversível: A Catarata!

A catarata é definida como qualquer opacificação do cristalino que atrapalhe a entrada de luz nos olhos, acarretando diminuição da acuidade visual. As alterações podem levar desde pequenas distorções visuais até a cegueira.

Inúmeros fatores de risco podem provocar ou acelerar o aparecimento de catarata, incluindo medicamentos (esteroides), substâncias tóxicas (nicotina), doenças metabólicas (diabetes mellitus, galactosemia, hipocalcemia, hipertiroidismo, doenças renais), trauma, radiações (UV, Raios-X e outras), doença ocular (alta miopia, uveíte, pseudoexfoliação), cirurgia intraocular prévia (fístula antiglaucomatosa, vitrectomia posterior), infecção durante a gravidez (toxoplasmose, rubéola) e fatores nutricionais (desnutrição).

É classificada em:

  • Catarata congênita: presente no nascimento
  • Catarata secundária: devido a fatores variados, tanto oculares (uveítes, tumores malignos intraoculares, glaucoma, descolamento de retina) como sistêmicos. No último caso, pode estar associada a traumatismos, doenças endócrinas, causas tóxicas (corticoides tópicos e sistêmicos, cobre e ferro mióticos), exposição a radiações actínicas (infravermelho, raios X), traumatismos elétricos, entre outras.
  • Catarata senil: opacidade do cristalino em consequência de alterações bioquímicas relacionadas à idade. Aproximadamente 85% das cataratas são classificadas como senis, com maior incidência na população acima de 50 anos. Nesses casos, não é considerada uma doença, mas um processo normal de envelhecimento.

Tratamento

O tratamento clínico, como prescrição de óculos, tem efeito transitório. O tratamento farmacológico é utilizado em alguns países da Europa e por alguns oftalmologistas brasileiros, entretanto NÃO existe efetividade comprovada.

Recentemente a revista NATURE publicou um artigo (http://www.nature.com/nature/journal/v523/n7562/full/nature14650.html) onde uma molécula chamada Lanosterol inverte a agregação de proteínas em cataratas, criou grande alarde na comunidade científica, porém o estudo foi feito em coelhos e cães, é recente, portanto não se sabe seus efeitos colaterais em longo prazo, e demonstrou certa dúvida quanto a uma possível não adesão ao tratamento retornando então o cristalino a ficar opaco novamente (catarata).

Portanto a correção cirúrgica chamada de FACECTOMIA (por diferentes técnicas) é a ÚNICA opção curativa e segura para recuperação da capacidade visual do portador de catarata até o momento.

Animação da Nucleous explicando a cirurgia de catarata:

Academia Médica

Academia Médica

Página da redação do Academia Médica para noticiar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar