[ editar artigo]

Variante Delta da COVID-19 pode ser transmitida mesmo entre os vacinados segundo CDC

Variante Delta da COVID-19 pode ser transmitida mesmo entre os vacinados segundo CDC

Variantes do SARS-CoV-2 continuam a surgir. E dentre estas variantes a B.1.617.2 (Delta) é altamente transmissível e vem causando surtos ao redor do mundo.

Durante julho de 2021, 469 casos de COVID-19 associados a vários eventos de verão e grandes reuniões públicas em uma cidade no Condado de Barnstable, Massachusetts, foram identificados entre os residentes desse local; a cobertura de vacinação entre residentes elegíveis de Massachusetts foi de 69%.

Aproximadamente três quartos (346; 74%) dos casos ocorreram em pessoas totalmente vacinadas (aqueles que completaram as 2 doses da vacina de mRNA [Pfizer-BioNTech ou Moderna] ou receberam uma única dose da vacina Janssen [Johnson & Johnson] ≥14 dias antes da exposição).

O sequenciamento genômico de amostras de 133 pacientes identificou a variante B.1.617.2 (Delta) do SARS-CoV-2 em 119 (89%) e a sub-linhagem Delta AY.3 em um (1 %). No geral, 274 (79%) pacientes vacinados com infecção disruptiva eram sintomáticos. Entre cinco pacientes com COVID-19 que foram hospitalizados, quatro foram totalmente vacinados; nenhuma morte foi relatada.

Os valores de limite do ciclo (Ct) da reação em cadeia da transcrição reversa em tempo real (RT-PCR) em amostras de 127 pessoas vacinadas com casos de descoberta foram semelhantes aos de 84 pessoas não vacinadas, não totalmente vacinadas ou cujo estado de vacinação era desconhecido.

A variante Delta do SARS-CoV-2 é altamente transmissível, a vacinação é a estratégia mais importante para prevenir doenças graves e a morte. Em 27 de julho de 2021, o CDC recomendou que todas as pessoas, incluindo aquelas que estão totalmente vacinadas, devem usar máscaras em ambientes públicos fechados em áreas onde a transmissão de COVID-19 é alta ou substancial. Os resultados desta nova pesquisa sugerem que mesmo em localidades sem alta transmissibilidade de COVID pode se considerar a expansão das estratégias de prevenção, incluindo o uso de máscaras em ambientes públicos fechados, independentemente do estado de vacinação, dado o risco potencial de infecção durante a participação em grandes reuniões públicas que incluem viajantes de muitas áreas com diferentes níveis de transmissão.

E o que isso significa?

A variante SARS-CoV-2 Delta é altamente transmissível, e compreender os determinantes da transmissão, incluindo o comportamento humano e a eficácia da vacina, é fundamental para o desenvolvimento de estratégias de prevenção. 

Como a variante delta continua a se espalhar rapidamente pelos EUA, a orientação sobre o uso de máscara atualizada pelo CDC agora recomenda que as pessoas usem máscaras quando dentro de espaços públicos e em áreas onde a propagação do vírus é "substancial" ou "alta", independentemente do estado de vacinação.


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Referências

  1. Brown CM, Vostok J, Johnson H, Burns M, Gharpure R, Sami S, et al. Outbreak of SARS-CoV-2 Infections, Including COVID-19 Vaccine Breakthrough Infections, Associated with Large Public Gatherings — Barnstable County, Massachusetts, July 2021. MMWR Morbidity and Mortality Weekly Report [Internet]. 2021 Jul 30 [cited 2021 Aug 4];70(31). Available from: https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/70/wr/mm7031e2.htm ‌

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você