[ editar artigo]

A COVID-19 mudou a forma como as equipes de atenção primária trabalham

A COVID-19 mudou a forma como as equipes de atenção primária trabalham

 

A pandemia de COVID-19 afetou dramaticamente todas as áreas da saúde, uma delas foi a atenção primária em que os profissionais estão na linha de frente para os pacientes que procuraram atendimento de saúde nesse período. Com o objetivo de compreender as estratégias dos membros da equipe clínica e administrativa para gerenciar as mudanças abrangentes na prestação de serviços de atenção primária, um estudo, publicado em janeiro de 2022, na Annals of Family Medicine, analisou os impactos da COVID-19 no estresse no local de trabalho dessas equipes.

Os pesquisadores realizaram entrevistas qualitativas curtas, semiestruturadas, com 33 funcionários de oito consultórios do Thomas Jefferson Health, um grande sistema de saúde regional no sudeste da Pensilvânia e no sul de Nova Jersey. As entrevistas foram realizadas de 11 de maio de 2020 a 20 de julho de 2020.

Os participantes disseram que tiveram que adaptar todos os aspectos da atenção primária na prestação de serviços para COVID-19 - como agendamento de pacientes, mudança para visitas de telessaúde e aumento das responsabilidades de saneamento - o que aumentou significativamente suas demandas de trabalho. 

Novas oportunidades de desenvolvimento de habilidades e senso de propósito durante esse período aumentaram o sentimento de orgulho em alguns membros da equipe, e a maioria das equipes relatou maior apoio e paciência em suas práticas. Os participantes também aprenderam a reformular suas responsabilidades como uma necessidade durante a pandemia. O apoio da gestão também ajudou. No entanto, à medida que a pandemia continuava, os funcionários relataram que experimentaram mais sentimentos de esgotamento.

Compreender o impacto da pandemia nos prestadores de serviços de saúde pode permitir que as organizações de saúde apoiem o bem-estar da força de trabalho, evitem o esgotamento e sustentem a qualidade do atendimento ao paciente.

 

Limitações

As entrevistas foram transversais e realizadas em um único sistema de saúde. O viés de seleção entre os participantes pode ter ocorrido de tal forma que aqueles que estavam mais intensamente esgotados não participaram, mas como relatos de experiências positivas e negativas eram comuns, as preocupações com o viés de seleção podem ser um pouco atenuadas.

 

Leia mais

 

Referências

  1. Erin L. Kelly et al, Burnout and Commitment to Primary Care: Lessons From the Early Impacts of COVID-19 on the Workplace Stress of Primary Care Practice Teams, The Annals of Family Medicine (2022). DOI: 10.1370/afm.2775
  2. Medical X Press. COVID-19 has changed how primary care teams work; understanding the impact is important. 25 Jan 2022. Disponível em https://medicalxpress.com/news/2022-01-covid-primary-teams-impact-important.html

 

Coronavirus | COVID-19

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você