Falta de verbas impede a melhoria da Residência Médica no Brasil
[editar artigo]

Falta de verbas impede a melhoria da Residência Médica no Brasil

Nota de repúdio da ANMR frente ao cancelamento da plenária da CNRM

A Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR) expressa seu repúdio pelo cancelamento da plenária da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) por parte de seus dirigentes. Segundo informações, a reunião deste mês não poderá ocorrer, pois “cortes de verbas” foram realizados e a prioridade seria dada à reunião com as Câmaras Temáticas.

Lembramos que a plenária da CNRM é de suma importância para a regulação e definição dos rumos a serem tomados no processo de formação de médicos, principalmente em um período de tantos acontecimentos como o mês de março, em que se inicia um novo ciclo de entrada de residentes nos serviços de todo Brasil.

A ANMR alerta para os possíveis prejuízos que tal atitude pode ocasionar, não somente para os médicos e para os trabalhos da CNRM, onde possui representação ativa na luta por uma residência médica de qualidade, mas, principalmente, pelo dano causado direta ou indiretamente ao nosso maior foco, os pacientes, que podem ser penalizados e expostos injustamente a condições adversas de serviços desestruturados.

Uma vez que cabe à plenária “deliberar, com base em processo instruído pela Câmara Técnica, sobre pedidos de credenciamento e recredenciamento de instituições e pedidos de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de programas de residências médica” (decreto presidencial Nº7562/11), não há que se falar em haver reuniões de câmara técnica sem a respectiva sessão plenária subsequente, sob pena de contrariar expressamente o mandamento presidencial.

Seguimos firmes na luta por uma formação padrão-ouro para os médicos do Brasil e contamos com a ajuda e apoio de todos que sejam realmente comprometidos com a saúde e a educação de qualidade.

Academia Médica
Academia Médica Seguir

Página da redação do Academia Médica para noticiar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar
Indicados para você