[ editar artigo]

Bach, Defoe e a Peste de Marselha de 1720

Bach, Defoe e a Peste de Marselha de 1720

Que tal ouvir um pouco sobre a Peste de Marselha de 1720? E sobre Daniel Defoe e seu Diário dos Tempos da Peste (1722)? E sobre a igreja em que Vivaldi está enterrado? E, acima de tudo, sobre o barroquíssimo Johann Sebastian Bach? Um episódio especial em que contamos com a participação de Gustavo Weiss Freccia, músico, professor na Escola de Música de Brasília e doutorando em Performances Culturais na UFG.

 

 

No curso Humanidades Médicas: a saúde e a doença na história e nas artes discutimos como as doenças não são apenas dados biomédicos, mas também construções socioculturais. O que a filosofia tem a dizer sobre dilemas médicos? A história pode nos ajudar a lutar contra o Corona? O que a literatura nos ensina sobre o sofrimento dos outros? O curso tem duração de 60 horas e é dividido em três módulos em que discutimos sobre:

  1. a História das doenças, da medicina e da ciência;

  2. a relação das doenças com a história da arte: literatura, pintura, cinema, dança, arquitetura e mais;

  3. o que a história e as artes revelam sobre a pandemia atual e outros problemas contemporâneos, como a mudança climática ou as bactérias resistentes a antibióticos.

O curso é abrangente e informativo, mas é ao mesmo tempo leve e divertido. Ele foi elaborado em parceria com a Academia Médica, um dos maiores sites de comunicação de profissionais da saúde no país. Ele é aberto a pessoas de todas as áreas. Mais informações e inscrições aqui.

 

 

Academia Médica
Áureo Lustosa Guérios
Áureo Lustosa Guérios Seguir

Sou doutorando na Universidade de Pádua e ministro os cursos sobre Humanidades Médicas aqui na Academia Médica. Também produzo o podcast Literatura Viral, em que discuto de modo descontraído como as epidemias aparecem na história e na arte.

Ler conteúdo completo
Indicados para você