[ editar artigo]

Como estar constantemente ocupado afeta seu bem-estar

Como estar constantemente ocupado afeta seu bem-estar

Estar ocupado muitas vezes é visto como um símbolo de profissionalismo e um marcador de autoestima, com a falta de tempo de lazer vista como uma indicação direta de status elevado. No entanto, uma programação excessiva pode afetar negativamente sua saúde emocional e física, bem como sua capacidade de manter relacionamentos saudáveis.

Mas afinal, por que adoramos a sensação de estar constantemente ocupados?

Uma pesquisa indica que o nível percebido de ocupação de um indivíduo pode estar fortemente relacionado ao seu valor próprio, bem como à forma como os outros veem seu status. Indivíduos que estão ocupados por escolha podem se sentir necessários, exigidos e importantes, elevando assim seus sentimentos de autoestima.

Culturalmente, houve uma mudança na percepção do status, pois os objetos e bens materiais não são mais os únicos indicadores da posição social de uma pessoa. Agora, os indivíduos que estão muito ocupados no trabalho, estão sobrecarregados e têm uma falta real de tempo de lazer não são mais percebidos como um "status" mais elevado.

Além de sua conexão com sentimentos de autoestima e status, permanecer ocupado também pode ser uma forma de evitar ou entorpecer sentimentos e situações dolorosas. Se você está superocupado, não consegue se concentrar no que está lhe incomodando ou causando desconforto.

Mas ser ocupado, não é a mesma coisa que ser produtivo...

Estar ocupado e ser produtivo muitas vezes pode ser confundido um com o outro. Se você está ocupado, pode ter muito a fazer, mas isso não significa necessariamente que você seja produtivo ou use seu tempo com eficiência. Ser produtivo significa ser capaz de concluir uma tarefa ou fazer algo. Você não precisa estar ocupado para ser produtivo.

Estar ocupado tem a ver com como você gasta seu tempo, enquanto a produtividade tem mais a ver com o que você realiza.

Equilíbrio Trabalho-Vida

O equilíbrio entre a vida pessoal e profissional é uma parte importante para ter um ambiente doméstico e de trabalho saudável no qual você possa se desenvolver. O equilíbrio entre vida profissional e pessoal será diferente para cada indivíduo, mas, em geral, se você tiver equilíbrio entre vida pessoal e profissional, se sentirá no controle e confortável com a forma como seu tempo é gasto.

Se o equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional for prejudicado, você pode sofrer de esgotamento (Burnout), sentir-se sobrecarregado, exausto e desconectado de sua vida social e/ou familiar. O equilíbrio deficiente entre vida pessoal e profissional também pode levar ao estresse crônico, que pode afetar sua saúde mental e física.

Alguns impactos na saúde mental

  • Ansiedade
  • Estresse
  • Sobrecarga mental
  • Inadequação
  • Tristeza
  • Frustração
  • Nervosismo
  • Solidão
  • Perda da esperança
  • Sentimento de incompetência
  • Culpa

Alguns impactos na saúde física

  • Tensão/dor muscular
  • Inquietação
  • Insônia
  • Dores de cabeça
  • Inflamação crônica
  • Função imunológica comprometida
  • Fadiga
  • Mudança no desejo sexual
  • Problemas de digestão
  • Doenças cardiovasculares

Os seus relacionamento interpessoais também podem ser impactados

Uma agenda lotada pode deixar pouco ou nenhum tempo para conexões significativas com outras pessoas. Você pode se sentir isolado e solitário, e as pessoas ao seu redor podem se sentir rejeitadas ou zangadas com sua falta de disponibilidade. Relacionamentos com amigos, família e cônjuges podem ser prejudicados por causa de sua agenda sobrecarregada.

Relacionamentos exigem tempo e esforço de todas as partes participantes. Ser puxado em várias direções por suas obrigações pode deixá-lo estressado e incapaz de se envolver plenamente em seus relacionamentos.

Embora estar ocupado possa impactar positivamente sua autoestima, se você está tão ocupado que não consegue praticar o autocuidado, passar tempo com seus entes queridos e desfrutar de seu tempo livre, o excesso de compromissos pode, na verdade, ter um efeito prejudicial no seu bem-estar geral. Mesmo que pareça um desafio mudar suas prioridades, desconectar-se do trabalho ou de obrigações desnecessárias e descansar deliberadamente e reservar um tempo para si mesmo pode aumentar significativamente sua qualidade de vida.

 

Artigos Relacionados

Medicina do Estilo de Vida - O Poder do Sono

Quantos anos você pode ganhar adotando um estilo de vida saudável?

Ócio: coligado à produção


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Referências

1. If You’re Always Over-Scheduled, Find Out Why You Need to Slow Down [Internet]. Verywell Mind. 2021 [cited 2021 Aug 22]. Available from: https://www.verywellmind.com/how-the-glorification-of-busyness-impacts-our-well-being-4175360

Conteúdo elaborado por Diego Arthur Castro Cabral

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você