[ editar artigo]

Desmistificando o Marketing para médicos

Desmistificando o Marketing para médicos

Desmistificando o Marketing para médicos

Com a revolução da informação e a expansão de nossas conexões o relacionamento de nossos clientes ( pacientes ) com nosso nome pode ser um mito. Ao explicar as origens do marketing e começar a falar de marketing em seu primeiro texto aqui no Academia Médica Daniela Camarinha, diretora executiva da You Care, começa a desmistificar o marketing e suas aplicações para nós médicos. Essas noções, nós temos certeza de que a faculdade esqueceu de te contar.

A prática de Marketing não é uma novidade

Podemos dizer que há milhares de anos essa ferramenta é utilizada.  A igreja, por exemplo, sempre buscou seus “fiéis” e trabalhou fortemente para isso, mantendo alguns vínculos em comum, como o batismo, a primeira comunhão e o casamento. Além disso, ela se concentrou em antecipar-se às necessidades dos clientes.

Através do confessionário, o padre podia refletir em sua missa sobre os aspectos de interesse comum. Outro item importante era a localização e, visando facilitar a chegada de fiéis, a igreja se situava em praças públicas no centro das cidades.

O sino, com as suas badaladas, promovia a lembrança de que haveria missa. Por fim, o preço não era algo explícito e caberia a cada um a valorização daquilo que recebeu.

Traduzindo, o grande objetivo do marketing sempre foi satisfazer o cliente e aí a venda se torna supérflua.

 A importância do Marketing

Segundo Philip Kotler, autor renomado na área, “Marketing é um processo social por meio do qual as pessoas obtém aquilo que necessitam e o que desejam através da criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com terceiros.”

Nos últimos anos, o pragmatismo e a informalidade deram espaço ao profissionalismo e a formalidade, através da prática de processos objetivos e transparentes. Foi fundamental lutar com outras armas e conhecer ferramentas que pudessem oferecer vantagem competitiva sustentável.

Não há sentido algum da existência de uma empresa se não houver demanda suficiente de seus produtos e serviços por parte dos clientes. O sucesso financeiro depende da habilidade que ela tem em marketing. Equiparado, antigamente, com as outras funções, o marketing após algum tempo passou a ser o principal setor de algumas empresas. Hoje, pode-se dizer que organizações excelentes enxergam o cliente como uma função controladora (todos os esforços são voltados para a satisfação do cliente) e o marketing uma função integradora (traduz a voz do cliente para a empresa).

A função integradora do marketing se manifesta em todos os canais de contato com os clientes, fazendo com que a empresa se mantenha informada e atualizada sobre tendências, preferências e particularidades de seus clientes.

De posse desses dados, as organizações excelentes podem se apropriar de informações privilegiadas e se adiantar em relação à concorrência.

 Marketing na Saúde

A área da saúde vem passando por um período de grandes mudanças: de um lado, um consumidor cada vez mais exigente, menos fiel e com um acesso infinito a informações e de outro, novos players com expertise e recursos financeiros abrangentes, gestão fragmentada em um mercado sem sinergia entre os stakeholders.

Em contra partida, pode-se dizer que os participantes do setor têm se preparado melhor rumo à profissionalização e diferenciação com base na excelência dos serviços prestados, ou seja, no incremento de valor ao paciente.

 O que o médico está fazendo a respeito?

Falar de valor nesse cenário representa um grande desafio para os médicos, principalmente por precisarem estabelecer seu foco de atuação por meio de diferenciais competitivos. Os recursos são diversos e, através da identificação de oportunidades do mercado e das necessidades dos pacientes, é possível criar canais criativos de relacionamento, com oferta de serviços diferenciados e com valor agregado ao cliente.

As iniciativas nesse sentido se mostraram muito positivas e promissoras em atrair e fidelizar clientes, alavancando o movimento das clínicas e consultórios que investiram em modelos de negócios baseados em mais valor ao paciente.

Academia Médica
Academia Médica
Academia Médica Seguir

Página da redação do Academia Médica para noticiar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler matéria completa
Indicados para você