Estágios de Medicina no Exterior
[editar artigo]

Estágios de Medicina no Exterior

Por Emerson Wolaniuk

Viajar é uma das coisas mais agradáveis que existem. Nossa mente se expande de uma maneira revigorante enquanto viajamos, somos estimulados de diferentes formas em todos os sentidos. O exercício de uma outra língua e o contato com uma maneira diferente de interpretar a vida são outros ganhos incomparáveis obtidos numa viagem internacional. Agora, imagine aliar isso tudo ao fato de aprender um pouco mais sobre medicina e incrementar seu curriculum ao mesmo tempo. Esse é o pack que um estágio médico internacional pode proporcionar a você, os chamados medical electives ou medical clerkships.

O que eu preciso para poder participar de um medical elective?

Primeiramente, você precisa saber falar inglês e estar cursando uma faculdade de medicina. Na maioria das vezes, as Universidades no exterior aceitam os alunos que estão cursando pelo menos o 4º ano de medicina.

Quanto custa um estágio desses?

Depende. Na maioria das vezes, os estágios em si não são tão caros. Calcule uma média de preço de 100 euros ou 100 dólares para cada semana de estágio; isso deverá ser pago à Universidade. A maioria desses programas lhe encaminhará a moradia também, que é paga à parte, e também gira em torno desse preço, por semana. Além disso, você gastará com a alimentação e com as passagens aéreas, basicamente. Dessa forma, um estágio de um mês lhe custará aproximadamente 8 mil reais, incluindo as passagens, dependendo do lugar escolhido. Note que a passagem aérea custa em torno de 3 mil reais e você pode parcelar essa parte no cartão de crédito em até 12 vezes, se necessário.

Como eu faço para me inscrever para um medical elective em outro país?

Primeiramente, entre contato com a Universidade no país de sua escolha através da internet. Você pode realizar esse passo buscando no Google o nome da universidade ou do país seguido das palavras medical electives. As universidades que disponibilizam esse serviço têm um documento chamado how to apply ou application form em seu site, que dará as instruções necessárias para que você faça sua inscrição nesse programa.

Em geral, você precisará de:

- Uma declaração de matrícula da sua faculdade redigida em inglês;

- Vacinas e exames médicos (específicos para cada país);

- Preencher os formulários específicos disponibilizados no site e enviar à Universidade;

- Outros documentos, dependendo de cada universidade.

O que mais é necessário?

Depois que você enviar a documentação necessária – via internet ou correio – eles vão analisar o seu pedido e tentar lhe encaixar nas datas que você solicitou e no serviço específico escolhido por você. Por exemplo: cardiologia, neurologia, pediatria, emergência etc.

Se o seu pedido for aprovado você terá que pagar pelo menos 50% das taxas à Universidade via depósito (você pode fazer essa transação em casas de câmbio), ter seu passaporte em ordem, vacinas e exames médicos em mãos, seguro viagem e um cartão de crédito internacional ou um visa travel money.

Ao chegar na imigração

Normalmente, isso não é um problema, já que você tem seus documentos emitidos pela universidade em mãos, seus exames, seu passaporte em dia. No caso dos EUA, é preciso ir até SP ou RJ para tirar um visto, antes de seguir viagem e isso deve ser feito com bastante antecedência. Explique que é estudante de medicina e que está indo fazer um medical elective ou um medical clerkship. Talvez seja necessário mostrar os seus papéis ou dinheiro/cartões. Normalmente perguntam onde você ficará hospedado, então imprima os emails referentes à acomodação e saiba o endereço para onde você vai. Além disso, é importante estar vestido adequadamente, com barba feita e ter um inglês bom para evitar desconfianças quanto à imigração.

O estágio

A grande maioria dos estágios eletivos no exterior são observacionais. Você acompanhará os residents e os consultants na sua rotina diária, assistindo as atividades. Outras atividades são aulas teóricas junto aos alunos de medicina da Universidade, reuniões para discussão de casos clínicos etc. É muito interessante para treinar o seu inglês e também a sua vivência clínica, entrando em contato com doenças que podem não ser rotina no seu dia-a-dia. Além disso, isso te ajudará a ter mais desenvoltura com diferentes pacientes e pessoas. As aulas e casos clínicos são uma ótima oportunidade de complementar seu aprendizado e valem muito a pena.

Certificado

Os estágios lhe dão direito a um certificado ao final, e esse certificado conta pontos no seu curriculum aqui no Brasil, principalmente na hora de uma prova de residência. Ao final do curso, de acordo com o seu desempenho e dedicação, eles podem lhe atribuir uma nota ou um conceito também, mas isso depende de cada programa e cada preceptor.

Emerson Wolaniuk
Emerson Wolaniuk Seguir

Médico Responsável Técnico do Instituto Qualis - Curitiba, centro de referência no tratamento da obesidade e qualidade de vida, medicina preventiva e no processo de reprogramação de vida. Ganhador do Premio Inova Saúde PR 2017 de gestão em saúde.

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar
Indicados para você