Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Estudo sugere que exposição à luz azul de smartphone e tablets pode levar à puberdade precoce

Estudo sugere que exposição à luz azul de smartphone e tablets pode levar à puberdade precoce
Academia Médica
set. 16 - 2 min de leitura
000


Estudo apresentado no encontro anual da Sociedade Europeia de Endocrinologia Pediátrica sugere que a exposição à luz azul, por meio de uso regular de celulares e tablets, pode alterar os níveis de LH e estradiol em meninas e, assim, aumentar o risco de puberdade precoce.

Para investigar os efeitos da exposição à luz azul, os pesquisadores utilizaram ratos do sexo feminino e os dividiram em três grupos. O primeiro foi exposto a um ciclo normal de luz azul. O segundo, a um ciclo de seis horas. O último foi submetido a 12 horas de exposição.

Segundo os autores, os primeiros sinais de puberdade aconteceram precocemente em ambos os grupos expostos à luz azul, sendo que quanto mais duradoura a exposição mais cedo ocorreu a puberdade.

Além disso, os ratos expostos à luz azul tiveram seus níveis de melatonina reduzido, aumento dos hormônios reprodutivos (estradiol e LH) e mudanças físicas no tecido ovariano compatíveis com o início da puberdade. Com a exposição de 12 horas, os ratos demonstraram alguns sinais de dano celular e inflamação nas células ovarianas.

Os pesquisadores ressaltam que, como o estudo foi feito em camundongos, não é possível ter certeza se a luz azul representa a mesmo risco a crianças do sexo feminino. Porém, apesar de não conclusiva, a pesquisa traz um alerta sobre malefícios gerados pelo uso de dispositivos emissores de luz azul por crianças em fase pré-puberal,principalmente durante a noite, período em que a exposição pode gerar maiores efeitos de alteração hormonal.

Referência:

ENDOCRINOLOGY, European Society For Paediatric. Excessive smartphone screen time linked to earlier puberty onset. Disponível em: https://medicalxpress.com/news/2022-09-excessive-smartphone-screen-linked-earlier.html. Acesso em: 16 set. 2022.

Leia também:

Luz azul de celulares e aparelhos eletrônicos pode acelerar processo de envelhecimento

Mudanças rápidas nos dados antropométricos durante a infância antecipam a puberdade, diz estudo

Proteína MC3R liga o estado nutricional ao crescimento na infância e ao momento da puberdade

Meninos e meninas são igualmente propensos a desenvolver distúrbios alimentares




Denunciar publicação
    000

    Indicados para você