Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

OMS Pré-qualifica novo teste de HPV na luta para eliminar o câncer de colo de útero

OMS Pré-qualifica novo teste de HPV na luta para eliminar o câncer de colo de útero
Academia Médica
jun. 14 - 5 min de leitura
000

A Organização Mundial da Saúde (OMS) adicionou um quarto teste à lista de testes pré-qualificados para o papilomavírus humano (HPV). Embora a maioria das infecções por HPV se resolva por si só, alguns tipos de alto risco podem levar ao câncer de colo de útero. O teste de infecção por HPV é parte integral da triagem do câncer de colo de útero.

"Um dos pilares fundamentais da estratégia de eliminação do câncer de colo de útero é que os países aumentem a cobertura de rastreamento com um teste de alto desempenho. A pré-qualificação desses testes significa que mais testes de qualidade podem ser disponibilizados para os países", diz a Dra. Bente Mikkelsen, Diretora da OMS para o Departamento de Doenças Não Transmissíveis. "A OMS continuará a apoiar os países para alcançar uma cobertura maior e uma qualidade superior de rastreio. Este é um passo importante para a eliminação do câncer de colo de útero."

O programa de pré-qualificação (PQ) da OMS para diagnósticos in vitro (IVDs) avalia uma gama de testes, incluindo aqueles utilizados para a detecção de genótipos de HPV de alto risco no rastreio do câncer de colo de útero. A adição de outro produto à lista PQ amplia a gama de testes de alto desempenho disponíveis para os países, especialmente em casos em que governos, agências da ONU ou parceiros dependem do esquema da OMS para auxiliar em sua aquisição.

A recente adição do teste cobas HPV da Roche Molecular Systems Inc. eleva o número total de testes listados para quatro, juntando-se ao teste careHPV da QIAGEN GmBH, ao Abbott RealTime High Risk HPV da Abbott GmbH e ao Xpert HPV da Cepheid AB.

Desde que o Diretor-Geral da OMS, Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, emitiu um Chamado à Ação em 2018, a Assembleia Mundial da Saúde aprovou uma resolução histórica pedindo a primeira eliminação de um câncer. Desde então, a OMS tem apoiado os países através de sua iniciativa emblemática para eliminar o câncer de colo de útero.

A Estratégia Global estabelece metas para cada um dos três pilares estratégicos. Se alcançadas até 2030, as metas colocariam os países no caminho para a eliminação do câncer de colo de útero:

  • Vacinação completa de 90% das meninas com a vacina HPV até os 15 anos;

  • Rastreamento de 70% das mulheres utilizando um teste de alto desempenho até os 35 anos e novamente até os 45 anos;

  • Tratamento de 90% das mulheres com pré-câncer e manejo de 90% das mulheres com câncer invasivo.

Mesmo nos países onde a vacina contra o HPV é introduzida, os programas de rastreio continuam a ser fundamentais para identificar e tratar o pré-câncer cervical e o câncer, para reduzir a incidência e a mortalidade por câncer de colo de útero.

Os testes de HPV apresentam melhor desempenho do que os métodos alternativos de rastreio - como o exame de Papanicolau e a inspeção visual com ácido acético (IVA), por exemplo - ajudando a identificar mais pacientes que precisam de tratamento. A alta qualidade também significa que os pacientes que recebem um resultado negativo em um teste de HPV podem frequentemente esperar mais tempo entre os testes, com benefícios para os pacientes e o sistema de saúde.

Além disso, alguns testes de HPV permitem que a paciente colete sua própria amostra com um simples cotonete, oferecendo às mulheres a opção de fazer o teste sem a necessidade de um exame pélvico realizado por um profissional de saúde. Muitos testes de HPV podem até ser realizados no mesmo equipamento usado para testes de PCR para COVID-19 e testes de HIV, entre outros, portanto, eles podem ser incorporados aos sistemas laboratoriais existentes. Essas inovações podem reduzir ainda mais as barreiras aos serviços e facilitar os programas de saúde pública para atingir a meta de 70% de rastreamento.

Embora a OMS tenha incluído esses testes de HPV em sua lista de pré-qualificação, é importante destacar que isso não representa necessariamente um endosso ou uma garantia da organização quanto à adequação desses produtos para um propósito particular, incluindo em relação à sua segurança e/ou eficácia. Para obter uma visão completa sobre a pré-qualificação de produtos médicos, incluindo detalhes sobre isenções de responsabilidade e informações adicionais, é recomendado consultar a seção de Diagnósticos In Vitro Pré-qualificados no site da OMS, onde também é possível encontrar dados sobre a pré-qualificação de outros produtos médicos, como medicamentos, vacinas e dispositivos de imunização, bem como recursos para controle de vetores.



Leia também: 




Fonte: 

Organização Mundial da Saúde. (2023, Junho 14). WHO prequalifies additional HPV test, expanding options as countries pursue cervical cancer elimination.  https://www.who.int/news/item/14-06-2023-who-prequalifies-additional-hpv-test-expanding-options-as-countries-pursue-cervical-cancer-elimination



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você