[ editar artigo]

Pesquisadores da Fiocruz realizam 1º estudo genômico sobre Enterococcus faecium

Pesquisadores da Fiocruz realizam 1º estudo genômico sobre Enterococcus faecium

 

A partir do 1º estudo genômico sobre as bactérias Enterococcus faecim resistentes à vancomicina, pesquisadores da Fiocruz alertam sobre disseminação ambiental de bactérias resistentes aos antimicrobianos no Brasil e consequências.


O texto está dividido nos seguintes tópicos:

  • Introdução;
  • Motivos do sequenciamento dos genomas de E. Faecium;
  • Metodologia e resultados do estudo;
  • Conclusão.

     

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) descobriram por meio do 1º estudo genômico sobre a resistência da espécie de bactérias Enterococcus faecium que a disseminação das bactérias resistentes aos antimicrobianos é preocupante no cenário atual do país.

Batizada como  Genomic Analysis of Multidrug Resistant Enterococcus faecium Harboring vanA Gene From Wastewater Treatment Plants, a pesquisa foi publicada em fevereiro na revista Microbial Drug Resistance e apresenta o sequenciamento completo do genoma de oito isolados  do gene vanA a partir da coleta de amostras de cinco Estações de Tratamento de Esgoto (ETE’s) localizadas em cidades como Rio de Janeiro e Brasília.

Leia também: 1,2 milhão de pessoas morreram em 2019 de infecções bacterianas resistentes a antibióticos

Por que os genomas de E. Faecium foram sequenciados?

Em entrevista ao Portal Fiocruz, as cientistas,  Beatriz Oliveira de Farias, Maysa Mandetta e o pesquisador Kayo Bianco, responsáveis pelo estudo e atuantes no Laboratório de Microorganismos de Referência do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz), explicaram que o sequenciamento dos genomas das bactérias foi uma escolha essencial para compreender as seguintes questões:

 •Determinantes da resistência antimicrobiana;

 • Grau de virulência dos agentes infecciosos/ capacidade de proliferação;

• Características epidemiológicas x disseminação ambiental das bactérias.

       Metodologia e resultados

Os pesquisadores selecionaram cinco ETES abastecidas com esgoto de diferentes origens. Depois disso, coletaram amostras de 500 ml dos efluentes, considerando diferentes etapas de tratamento da estação e transportaram (em um prazo máximo de até 24h após a coleta) o material em recipientes estéreis para um laboratório equipado com estrutura de refrigeração e processamento.

A partir das análises, foram descobertas cinco cepas de bactérias resistentes com origem nos efluentes tratados. Os pesquisadores também realizaram o sequenciamento de genoma completo de oito isolados VanA por meio da plataforma Illumina Miseq. Com isso, os cientistas concluíram que todos os agentes infecciosos isolados são multirresistentes aos antimicrobianos. Inclusive, as amostras revelaram a presença de múltiplos genes de resistência nos isolados, como, por exemplo: aph (3’) - lla, ant (6’)- la, erm (B) e msrc.

Conclusão

A pesquisa revela um cenário de alerta para o país, considerando que a análise epidemiológica das cepas de bactérias resistentes revela um cenário propício para a ocorrência de surtos hospitalares, bem como a disseminação ambiental de patógenos com genes resistentes e que afetam a saúde das pessoas  são só ao nível nacional, como também em uma perspectiva global.

Não é à toa que as pesquisadoras destacam que:

“Esta bactéria é um patógeno oportunista que surgiu como um importante agente responsável por infecções hospitalares. Sua disseminação levou a desafios no ambiente hospitalar, dificultando as opções terapêuticas disponíveis para o tratamento de infecções”. (Beatriz Oliveira de Farias, Maysa Mandetta

Saiba mais: Resistência bacteriana mais fácil de ser compreendida

A descoberta revela a importância da continuidade de pesquisas sobre os microrganismos no cenário ambiental para serem levantadas outras questões sobre os impactos da disseminação de vírus e bactérias na saúde.

 

Referências

  1. FARIAS, Beatriz Oliveira de et al. Genomic Analysis of Multidrug-Resistant Enterococcus faecium Harboring vanA Gene from Wastewater Treatment Plants. Microbial Drug Resistance, 2022. Disponível em: https://www.liebertpub.com/doi/full/10.1089/mdr.2021.0254. Acesso em 06 de abril de 2022.
  2. PORTAL FIOCRUZ. Estudo alerta para a disseminação ambiental de bactérias resistentes aos antimicrobianos. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/noticia/estudo-alerta-para-disseminacao-ambiental-de-bacterias-resistentes-aos-antimicrobianos. Acesso em 06 de abril de 2022.


 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você