[ editar artigo]

Uso de imunoglobulina humana no Brasil: Anvisa prorroga vigência das regras de importação

Uso de imunoglobulina humana no Brasil: Anvisa prorroga vigência das regras de importação

Diante da emergência de saúde pública internacional ocasionada pelo coronavírus, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) decidiu prorrogar  a vigência das regras (RDC 563/2021) que determinam os requisitos de importação de imunoglobulina humana  até dia até dia 30 de junho de 2022. A autorização tem caráter excepcional e temporário. 

Para que serve a imunoglobulina?

Obtida a partir do tratamento específico do plasma humano, a imunoglobulina é usada para tratamento de  doenças inflamatórias e autoimunes. Neste sentido, a decisão da autoridade sanitária  visa suprir o desabastecimento do produto no mercado nacional e evitar a desassistência aos pacientes que utilizam medicamentos à base de imunoglobulina. 

Leia também: Medicina Nuclear: ANVISA prorroga norma que autoriza a importação excepcional de produtos radiofármacos

Referências

  1. ANVISA. Resolução - RDC Nº 563, de 15 de setembro de 2021. Acesso em 11 de abril de 2022.
  2. ANVISA. Anvisa prorroga vigência das regras para importação de imunoglobulina humana. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2022/anvisa-prorroga-vigencia-das-regras-para-importacao-de-imunoglobulina-humana. Acesso em 11 de abril de 2022.

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você