Médico que trabalha doente já é algo ruim em tempos normais, mas e durante a pandemia de Covid-19?