[ editar artigo]

Malária: Brasil define como meta zerar casos da doença no país até 2035

Malária: Brasil define como meta zerar casos da doença no país até 2035

Nesta semana, o Ministério da Saúde anunciou o Plano de Eliminação da Malária no Brasil — um programa que tem como objetivo zerar os casos da doença no país até 2035.  As ações foram elaboradas em conjunto com profissionais e gestores de saúde e de acordo com a pasta, a meta será dividida em dois momentos. O primeiro consiste na eliminação de 68 mil casos até 2025  e, na sequência, registrar números abaixo dos 14 mil até 2030 e eliminar a transmissão da doença até 2035.

Somente em 2020, foram registrados 145 mil infecções da doença no Brasil, sendo que mais de 99% dos casos estão concentrados na região Amazônica. Por isso, uma das prioridades  do projeto no plano de enfrentamento à doença é ampliar Projeto Apoiadores Municipais para Prevenção, Controle e Eliminação da Malária, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Mato Grosso.

Leia também: Casos de malária e mortes em 2020 relacionadas a interrupções de programas pela pandemia de COVID-19

A malária é uma das doenças infecciosas mais antigas do mundo, causada por quatro diferentes tipos do protozoário do gênero Plasmodium. A transmissão de malária é um grave problema de saúde pública e há uma contradição no combate a situação, já que é uma doença que pode ser evitada e tratada desde que haja investimento adequado para lidar com este desafio.

Representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e da Organização Mundial da Saúde (OMS) estiveram no lançamento do programa do MS e apoiaram a iniciativa.

“Hoje temos todas as ferramentas para que o Brasil se veja livre de uma doença que causa muita dor e afeta principalmente as pessoas mais pobres, que moram em territórios mais afastados e que precisamos proteger”. (Socorro Gross, representante da OPAS e da OMS)

Principais ações do Plano de Eliminação de Malária no Brasil

Saiba mais: 1ª vacina contra Malária no mundo: OMS atualiza diretrizes de uso

O Plano de Eliminação de Malária no Brasil, elaborado pelo MS está estruturado em quatro fases. São elas:

  1. Preparação do país para a eliminação: redução de menos de 68.000 casos até 2025;
  2. Consolidação da redução: reduzir o número de óbitos para zero até o ano de 2030;
  3. Eliminação: eliminar a transmissão de malária falciparum até o ano de 2030
  4.  Prevenção: ao fortalecer a capacidade epidemiológica local, o objetivo central é criar mecanismos para evitar o estabelecimento da sua transmissão.

Entre as principais ações alinhadas as etapas do projeto, destacam-se: ampliação do projeto apoiadores municipais, capacitação de vigilância em malária para estados e municípios, atualização dos planos municipais de saúde, contratação de consultores de eliminação para apoio na construção de planos estratégicos estaduais  e publicação de guia orientativo sobre Estratégia Diagnóstico, Tratamento, Investigação e Resposta da doença.

Clique aqui e confira o plano na íntegra!


Referências

  1. AGÊNCIA BRASIL. Ministério da Saúde quer zerar casos de Malária no país até 2035. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-05/ministerio-da-saude-quer-zerar-casos-de-malaria-no-pais-ate-2035. Acesso em: 13 de maio de 2022.
  2. ONU Brasil. OPAS apoia lançamento de plano nacional para eliminação da malária. Disponível em: https://brasil.un.org/pt-br/181649-opas-apoia-lancamento-de-plano-nacional-para-eliminacao-da-malaria.Acesso em: 13 de maio de 2022.

 

Saúde News

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você