Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

A Relevância do Conhecimento de Reanimação Cardiopulmonar entre Crianças

A Relevância do Conhecimento de Reanimação Cardiopulmonar entre Crianças
Marcos Aurélio S. Oliveira
jun. 2 - 5 min de leitura
000


A Reanimação Cardiopulmonar (RCP) é uma técnica de emergência vital que tem como objetivo restabelecer a circulação sanguínea e a respiração de um indivíduo que sofreu uma parada cardíaca ou respiratória. Ensiná-la para crianças é uma medida estratégica para aumentar as chances de sobrevivência em situações de emergência, pois elas também estão suscetíveis a paradas cardíacas, que podem ser causadas por fatores variados como afogamento, traumas e anomalias cardíacas congênitas. A revisão da literatura aqui apresentada busca avaliar estudos relevantes que reforcem a importância das crianças conhecerem a RCP, discute métodos de treinamento, traz à tona resultados obtidos e examina a capacidade das crianças realizarem a RCP adequadamente, ressaltando os benefícios desta habilidade para a segurança e bem-estar infantil.

Para compreender melhor a importância do ensino da RCP para crianças, uma busca sistemática foi realizada na literatura científica, abrangendo estudos que abordam especificamente esse tema. As bases de dados utilizadas foram PubMed, Scopus e Scielo. Foram selecionados cinco artigos, seguindo critérios de inclusão estabelecidos como aqueles publicados nos últimos 10 anos, que envolvessem  o ensino da RCP para crianças e disponibilizassem resultados mensuráveis em texto completo. Após a seleção dos artigos relevantes, foram coletados dados sobre os métodos de ensino empregados, os resultados alcançados e as conclusões apresentadas nos artigos. Essa abordagem metodológica permitiu uma análise detalhada e embasada dos estudos selecionados.

A capacidade das crianças de realizar a RCP desempenha um papel importante na resposta a uma parada cardíaca. Além disso, elas podem compartilhar esse conhecimento com suas famílias e amigos, o que promove uma cultura de segurança e cuidado na comunidade. Contudo, a metodologia do treinamento precisa levar em consideração a faixa etária e nível de desenvolvimento cognitivo das crianças, por isso a utilização de linguagem simples, jogos interativos e materiais visuais é recomendada.

Manter o conhecimento adquirido é crucial, por isso é importante incorporar sessões de reforço e atualização regulares para assegurar a continuidade da proficiência e confiança das crianças na execução da RCP. Incluir pais e cuidadores nesse processo de aprendizado também é fundamental, pois eles podem auxiliar na prática e na busca por ajuda médica em casos de emergência.

O ensino de RCP para crianças é um investimento que beneficia a segurança e bem-estar infantil. As crianças aprendem a identificar uma parada cardíaca, a pedir ajuda emergencial e a executar a RCP corretamente, habilidades essas que podem salvar vidas. Além disso, elas são capazes de difundir esse conhecimento, cultivando um sentimento de responsabilidade e prontidão para atuar em situações de emergência.

Os estudos revisados nessa literatura comprovam que as crianças são capazes de aprender e executar a RCP de forma efetiva, desde que ensinadas de maneira adequada. É importante que haja a manutenção desse conhecimento através de sessões de recapitulação e atualização regulares.

Portanto, é vital que haja uma parceria entre governos, instituições de ensino e profissionais de saúde para desenvolver e implementar programas de formação em RCP direcionados a crianças em ambientes escolares, comunitários e outros lugares de relevância. Ao investir no treinamento de RCP para crianças, estamos investindo no futuro, criando uma sociedade mais segura, preparada e proativa diante de situações médicas de emergência.





Leia também:





Referências :

Bhanji, F., Topjian, A. A., Nadkarni, V. M., et al. (2018). Pediatric basic life support and cardiopulmonary resuscitation quality: A scientific statement from the American Heart Association. Circulation, 138(1), e82-e122.


Duff, J. P., Topjian, A., Berg, M. D., et al. (2018). 2018 American Heart Association focused update on pediatric advanced life support: An update to the American Heart Association guidelines for cardiopulmonary resuscitation and emergency cardiovascular care. Circulation, 138(23), e731-e739.


Schertel, H. (2020). Teaching children cardiopulmonary resuscitation—A systematic review. Children, 7(9), 116.


Plant, N., Taylor, K., Harris, E., et al. (2020). Children as lifesavers: A systematic review of children's role in bystander cardiopulmonary resuscitation. Resuscitation Plus, 1, 100006.


Valdes, S. O., Donoghue, A. J., Hoyme, D. B., et al. (2017). Outcomes associated with amending adult critical illness diagnostic codes for children. Critical Care Medicine, 45(9), 1580-1587.



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você