Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

ChatGPT demonstra eficácia de 96,9% quando questionado sobre câncer

ChatGPT demonstra eficácia de 96,9%  quando questionado sobre câncer
Academia Médica
mar. 20 - 2 min de leitura
000

Artigo publicado no Journal of The National Cancer Institute Cancer Spectrum avalia a eficácia das informações elaboradas pelo ChatGPT em relação a questões relativas ao câncer, em comparação com respostas do National Cancer Institute’s (NCI’s).

Usando a página da web intitulada Common Cancer Myths and Misconceptions”, do NCI’s , os estudiosos fizeram ao ChatGPT treze perguntas sobre o câncer, que são pontos comuns de confusão. As respostas do NCI e as do ChatGPT para cada pergunta foram avaliadas com base no conhecimento estabelecido de cinco revisores científicos com experiência em tratamento de câncer e desinformação sobre câncer. As classificações de precisão (sim vs não) foram avaliadas independentemente para cada pergunta e, em seguida, comparadas entre as respostas cegas NCI e ChatGPT. 

Após a revisão de especialistas, treze das treze respostas do NCI foram classificadas como precisas por cinco de cinco revisores especialistas, demonstrando 100% de concordância entre os avaliadores. Os resultados do ChatGPT foram determinados como precisos também por cinco de cinco revisores para 11 de 13 perguntas, demonstrando 96,9% de concordância geral. 

As duas perguntas que não obtiveram eficiência total de resposta ("Minha atitude - positiva ou negativa - determina meu risco de contrair ou sobreviver ao câncer?" e "As linhas de alta energia causam câncer?") foram classificadas como precisas por quatro de cinco revisores, com um único revisor classificando cada pergunta como imprecisa.

Apesar do resultado, a percepção geral dos realizadores da pesquisa é de que o ChatGPT usa  frequentemente uma linguagem indireta, vaga e pouco clara, o que pode levar o paciente à adoção de uma crença ou prática que pode ser prejudicial à sua saúde ou ao tratamento do câncer. 

Referência:

Skyler B Johnson, MD, Andy J King, PhD, Echo L Warner, PhD, Sanjay Aneja, MD, Benjamin H Kann, MD, Carma L Bylund, PhD, Using ChatGPT to evaluate cancer myths and misconceptions: artificial intelligence and cancer information, JNCI Cancer Spectrum, Volume 7, Issue 2, April 2023, pkad015, https://doi.org/10.1093/jncics/pkad015

Leia também:






Denunciar publicação
    000

    Indicados para você