[ editar artigo]

Como fracassar em quase tudo e ainda ser bem-sucedido

Como fracassar em quase tudo e ainda ser bem-sucedido

Recentemente li o livro "Como Fracassar em Quase Tudo e Ainda Ser Bem-Sucedido", do autor Scott Adams. Scott é um empreendedor serial, criador do quadrinho Dilbert. Acho que se pode dizer com segurança que ele alcançou um alto nível, que ele sabe sobre o que está falando.

Li o livro em busca de "insights" sobre como abordar minha carreira e este foi o maior "insight" que encontrei:

Objetivos são para perdedores

"O que, como? Eu vivi minha vida toda tentando focar em objetivos."

Pois é, eu também. Especialistas me disseram que definir objetivos de longo prazo é a única maneira de ser bem-sucedido na vida. Mas Scott diz que se você estudar pessoas que chegam ao sucesso, você verá que a maioria delas segue sistemas, não objetivos.

Scott define esses conceitos da seguinte forma:

Objetivos são como metas, você alcança e então não lida mais com elas

Sistemas são o que você faz regularmente com a expectativa geral de melhora.

Aqui estão alguns exemplos específicos.

  1. "No mundo das dietas, perder 20 quilos é um objetivo, mas comer corretamente (de forma saudável) é um sistema."
  2. "No universo dos exercícios, correr uma maratona em menos de quatro horas é um objetivo, mas exercitar-se diariamente é um sistema."
  3. "Nos negócios, ganhar um milhão de dólares é um objetivo, mas ser um empreendedor serial, isso é um sistema."

Objetivos são buscas rígidas que bloqueiam sua percepção para outras oportunidades, mas sistemas são flexíveis e te deixam aberto para ser curioso sobre maneiras novas e melhores de fazer as coisas.

Com todas essas críticas aos objetivos, nós ainda precisamos perceber que objetivos são insanamente úteis, mas somente em buscas previsíveis, simplistas e limitadas. 

Objetivos são terríveis para empreendimentos de longo prazo como saúde pessoal e sucesso na carreira.

Ao baixar a cabeça para perseguir um objetivo rígido de promoção na sua carreira, você está provavelmente perdendo cinco oportunidades melhores e cinco empresas melhores para avanço e progresso profissional.

Bem, fica uma reflexão para nós da comunidade Academia Médica.

Uma grande abraço.

Academia Médica
CRISTINA MARCIA SORIANO VELOSO ANDREACCI
CRISTINA MARCIA SORIANO VELOSO ANDREACCI Seguir

Ginecologista, Obstetra, Ultrassom e Medicina Fetal Update Harvard Medical School Pós graduação no Hospital Albert Einstein Competência Fetal Medicine Foundation- Londres Master coach pela Florida Christian University Formação em Mentoring

Ler matéria completa
Indicados para você