[ editar artigo]

Estudo comprova que dispositivo wearable específico é capaz de retardar a ejaculação precoce

Estudo comprova que dispositivo wearable  específico é capaz de retardar a ejaculação precoce

O dispositivo wearable pesquisado por Ege Can Serefoglu, MD, pesquisador da universidade de Biruni University, Istanbul, Turkey ajudou homens com ejaculação precoce analisados no estudo a retardar a ejaculação a partir da contração dos músculos do assoalho pélvico. O dispositivo é um adesivo de uso único que estimula os músculos por meio de eletricidade. 

Os participantes do estudo tiveram o tempo médio de latência da ejaculação intravaginal, que é medido desde a penetração vaginal até a ejaculação, praticamente dobrado, de 67 segundos para 123 segundos. 

O estudo foi randomizado, duplo-cego e controlado por simulação no Centro Médico Rambam, Haifa, Israel, e Clínica Villa Donatello, Florença, Itália. O estudo incluiu homens com ejaculação precoce com idade entre 18-60 anos. Como método, os cientistas pediram para as parceiras dos participantes medirem o tempo médio de latância de ejaculação  usando um cronômetro durante quatro sessões de relações sexuais antes do tratamento e quatro vezes no tratamento, em casa.

Após o estudo do dispositivo, ele foi liberado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em novembro de 2021 e entrará no mercado para comercialização em 2023. Os participantes do estudo não relataram efeitos adversos no uso do adesivo, mas, no site da empresa eles colocam como potenciais efeitos adversos: vermelhidão, desconforto e dor localizada. Também, o dispositivo tem contraindicações, como: câncer pélvico, outro dispositivo eletrônico implantado, diabetes com neuropatia periférica ou doenças dermatológicas, irritações ou lesões perineais. Além disso, é contraindicado o uso em ambientes úmidos e aquáticos. 

Artigos relacionados 

Associação Canadense de urologia publica novo Guideline para o tratamento da disfunção erétil

Wearables e aprendizado de máquina podem prever a glicemia a curto prazo para pacientes com pré-diabetes

Os Wearables da Saúde – Conseguiremos domar esta “fera”?

Referência

SHECHTER, Ariki; MONDAINI, Nicola; SEREFOGLU, Ege Can; GOLLAN, Tal; APPEL, Boaz; GRUENWALD, Ilan. LBA02-11 NOVEL ON-DEMAND TREATMENT FOR LIFELONG PREMATURE EJACULATION USING TRANSCUTANEOUS PERINEAL MINI-PATCH STIMULATOR. Journal Of Urology, [S.L.], v. 207, n. 5, p. 1-1, maio 2022. Ovid Technologies (Wolters Kluwer Health). http://dx.doi.org/10.1097/ju.0000000000002670.11. 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você