[ editar artigo]

OMS lança manual para combater a desinformação sobre a COVID-19

OMS lança manual para combater a desinformação sobre a COVID-19

A pandemia da COVID-19 nos lembrou a todos do papel vital que os profissionais de saúde desempenham para aliviar o sofrimento, salvar vidas e manter as populações informadas, muitas vezes às custas de sua própria segurança. Embora os riscos físicos associados às responsabilidades diárias dos profissionais de saúde tenham aumentado visivelmente durante a pandemia, o aumento da pressão sobre a saúde mental muitas vezes não foi relatado. Essa tensão não se origina apenas de horas extenuantes e demandas de alto risco, mas também de bullying on-line direcionado àqueles que defendem medidas seguras de saúde pública e combatem a desinformação com fatos médicos nas redes sociais.

Garantir que as comunidades tenham acesso a informações de saúde pública que salvam vidas de fontes confiáveis em sua própria comunidade, e não sejam enganadas por desinformações on-line, é essencial para acabar com esta pandemia. O que a OMS chamou pela primeira vez de “infodemia” em 2020 - uma superabundância de informações, tanto precisas quanto imprecisas, que se espalha junto com o surto de uma doença - tornou essa busca um desafio.

Garantir que as comunidades tenham acesso a informações de saúde pública que salvam vidas de fontes confiáveis ​​e não sejam enganadas por informações incorretas é essencial para acabar com a pandemia da COVID-19.

Em um esforço para capacitar médicos e demais profissionais da saúde - alguns dos mensageiros mais eficazes e confiáveis ​​de informações de saúde pública - para abordar ativamente a desinformação COVID-19 e construir confiança em vacinas em todo o mundo, a OMS dá as boas-vindas a este manual de mídia social para profissionais de saúde, desenvolvido pelo governo do Reino Unido.

Este manual tem como objetivo fornecer aos profissionais de saúde as ferramentas, habilidades e conteúdo necessários para compartilhar efetivamente informações autênticas e confiáveis na internet. Centrado em torno de três mensagens básicas de: confiança da vacina, Segurança da Vacina, Desenvolvimento da Vacina e Redução do Risco de Doença da Vacina; este manual apresenta três abordagens: criar suas próprias postagens, postar as imagens e vídeos fornecidos no manual (apenas em inglês, mas já servirá como modelo, né?) ou compartilhar novamente as informações sobre vacinas de fontes confiáveis (os famosos #repost).

Este produto contribui para a colaboração contínua da OMS com o Governo do Reino Unido para aumentar a conscientização e impedir a disseminação de desinformação globalmente. Eles também tem uma versão desse manual para celular (também em inglês). Clique aqui e confira.


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 215 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Referências

  1. [Internet]. Who.int. 2021 [cited 2021 Aug 9]. Available from: https://www.who.int/publications/m/item/a-social-media-toolkit-for-healthcare-practitioners---desktop ‌
  2. [Internet]. Who.int. 2021 [cited 2021 Aug 9]. Available from: https://www.who.int/publications/m/item/a-social-media-toolkit-for-healthcare-practitioners-desktop ‌
  3. Infodemia: como ela age em sua mente [Internet]. Academia Médica. 2020 [cited 2021 Aug 9]. Available from: https://academiamedica.com.br/blog/como-a-infodemia-age-em-sua-mente ‌

Conteúdo elaborado por Diego Arthur Castro Cabral

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você