Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Pesquisa avalia impacto da pandemia de Covid-19 na circulação de outros patógenos

Pesquisa avalia impacto da pandemia de Covid-19 na circulação de outros patógenos
Academia Médica
dez. 21 - 2 min de leitura
000


Estudo realizado por pesquisadores de Kent, na Inglaterra, em parceria com o Goethe-University e o Instituto de Pesquisa Dr. Petra Joh, ambos na Alemanha, teve como objetivo analisar os padrões de transmissão de 22 doenças infecciosas diferentes durante a pandemia de Covid-19 na Inglaterra.

Segundo o trabalho, publicado no Journal of Medical Virology, as medidas tomadas para evitar o SARS-CoV-2 – como uso de máscaras e distanciamento social - reduziram a propagação de patógenos transmitidos pelo ar e pela via fecal-oral, também evitando a transmissão de uma ampla gama de outras doenças infecciosas. Além disso, houve interrupção dos padrões de transmissão sazonal que costumavam ser típicos de diversos patógenos antes do início da pandemia.

Depois que medidas preventivas para evitar a Covid-19 foram flexibilizadas, os cientistas verificaram que a circulação de doenças infecciosas que podem ser efetivamente evitadas por vacinas – como por exemplo a caxumba e o sarampo - permaneceu suprimida por um tempo prolongado.

Porém, o mesmo não aconteceu com doenças evitáveis ​​não vacinais, como por exemplo infecções causadas por estreptococos do grupo A (Strep A). Estas apresentaram uma recuperação rápida e, em muitos países, têm sido responsáveis por um grande número de visitas de pacientes a unidades de saúde.

Os autores do estudo acreditam que as constatações são importantes para comprovar a eficácia dos programas de vacinação.

Referência:

Lauren J. Hayes et al, Impact of the COVID‐19 pandemic on the circulation of other pathogens in England, Journal of Medical Virology (2022). DOI: 10.1002/jmv.28401

Leia também:



Covid-19! Paxlovid pode reduzir hospitalizações entre pessoas com mais de 50 anos vacinadas

A dose ideal de anticoagulantes para pacientes internados com Covid-19

O uso de máscaras e a prevenção de infecções respiratórias. Será que realmente funciona?

Vacinas reduzem pela metade o risco de reinfecção pelo SARS-CoV-2

Linhagens BQ 1.1.17 e BQ 1.18 do coronavírus identificadas pela primeira vez no Brasil




Denunciar publicação
    000

    Indicados para você