Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Por Que 40% dos médicos planejam deixar suas posições? Uma pesquisa da Associação Médica Americana

Por Que 40% dos médicos planejam deixar suas posições? Uma pesquisa da Associação Médica Americana
Academia Médica
dez. 8 - 3 min de leitura
000

Diante do número de médicos considerando deixar suas posições, como podemos repensar e remodelar o ambiente de trabalho na saúde?

▶️ Vamos entender os insights trazidos pela Associação Médica Americana, nesta publicação! 

Uma pesquisa exclusiva da Associação Médica Americana (AMA) revelou que 40% dos médicos mostraram um interesse moderado, provável ou definitivo em deixar suas atuais posições entre 2021 e 2022. Esse cenário não é apenas preocupante, mas também reforça a necessidade de abordagens inovadoras para reter talentos na medicina.

Entre os principais fatores que contribuem para essa tendência está o burnout, intensificado pela elevada carga de trabalho burocrático. Médicos relatam gastar duas horas em tarefas administrativas para cada hora de atendimento ao paciente. Este desequilíbrio não só diminui a eficiência, mas também afeta negativamente o bem-estar dos médicos e sua percepção de valorização dentro das organizações. De fato, a pesquisa da AMA mostra uma correlação direta entre a falta de valorização percebida e a intenção dos médicos de deixar suas posições.

Para enfrentar esses desafios, a AMA e especialistas como a Dra. Tina Shah, uma médica de cuidados pulmonares e críticos e ex-assessora do U.S. Surgeon General, estão propondo soluções baseadas em tecnologia. Uma abordagem promissora é o uso de Inteligência Artificial (IA) para reduzir o fardo do Registro Eletrônico de Saúde, permitindo que os médicos se concentrem mais no cuidado ao paciente.

Por exemplo, a Abridge, empresa de tecnologia onde a Dra. Shah atua como diretora clínica, está utilizando IA para transformar conversas médico-paciente em rascunhos estruturados de notas clínicas em tempo real, potencialmente reduzindo significativamente a carga de trabalho administrativa.

Além disso, a "2022 Healthcare Workforce Rescue Package", com a qual a Dra. Shah colaborou, sugere táticas práticas como eliminar processos ineficientes e desnecessários, e promover uma cultura de trabalho em equipe e segurança. Estas estratégias não apenas ajudam a aliviar o burnout, mas também contribuem para criar um ambiente de trabalho mais seguro e acolhedor.

Diante deste cenário, a proposta para retenção de talentos médicos reside, na implementação inteligente e criativa de soluções tecnológicas e na promoção de uma cultura organizacional que valorize verdadeiramente seus profissionais.

Ao permitir que os médicos se concentrem no que realmente importa - o cuidado ao paciente - e ao proporcionar-lhes um ambiente de trabalho seguro e colaborativo, as organizações de saúde podem não apenas reter seus talentos, mas também melhorar a qualidade geral dos cuidados de saúde.

💙💙




Estar atualizado sobre as últimas descobertas e inovações nas ciências médicas faz sentido pra você? Se sim, inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos diretamente em sua caixa de e-mail!




Leia também: 


Referência: 

Associação Médica Americana. (2023). 40% of doctors eye exits. What can organizations do to keep them? Recuperado de https://www.ama-assn.org/practice-management/sustainability/40-doctors-eye-exits-what-can-organizations-do-keep-them.



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você