{{ warning.message }} Ver detalhes
Suicídio entre estudantes de medicina - Isso não é normal
[editar artigo]

Suicídio entre estudantes de medicina - Isso não é normal

Vídeo produzido pelo DAHMED PUC Minas sobre suícidio entre Estudantes de Medicina

2017 já está no fim e podemos dizer que foi o ano da depressão. Talvez um dia ele seja lembrado como o ano em que finalmente conseguimos levar Luz a este problema que sabidamente leva a incapacidade laboral e que é mortal. 

Apenas aqui no Brasil, são mais de 12 mil suicídios concretizados durante todos os anos. Há ainda a sensação de que o suicídio é subnotificado e que este número pode ser ainda maior. 

Sabe-se que as profissões de saúde estão entre as que levam risco de depressão e suicídio ao seu praticante. Sabe-se ainda que a medicina é a profissão que possui a maior taxa de suicídio no mundo inteiro, inclusive aqui no Brasil. O que não se sabe são meios efetivos para levarmos luz a este problema e realmente salvaguardar a vida do médico e do estudante de medicina.

Após 2 mortes por auto-extermínio em uma faculdade de medicina em Minas Gerais, o Diretório Acadêmico Horizontal de Medicina da PUC Minas, produziu o video acima, que já contava com mais de 18 mil visualizações no facebook. Resolvemos republicá-lo aqui para também levar a mensagem deles e de muitos outros estudantes de medicina que se vêem pressionados, angustiados e sem solução para seus problemas.

Se você já pensou em suicídio quando era acadêmico de medicina, por favor escreva seu relato aqui no academia médica, mostrando o como você deu a volta por cima. Se você precisa de ajuda, por favor procure seus familiares, professores, amigos, colegas de turma, médico, psicólogo, psiquiatra... NÃO SOFRA SOZINHO, pois nenhum homem é uma ilha, e você realmente não está sozinho!

Felizmente hoje conseguimos ver ações que podem ser produtivas. Este ano a OMS declarõu o ano da luta contra a depressão e você pode obter os materiais produzidos AQUI na matéria que fizemos no Academia Médica.

Antes de Médicos, somos humanos. Sofremos e apanhamos da vida como qualquer pessoa. Temos que lidar sim com a miséria humana na sua essência. Por esse motivo temos que estar saudáveis mentalmente. Algo muito interessante foi a inclusão da saúde do médico na Declaração de Genebra, que foi atualizada em outubro deste ano (AQUI).

Mais uma vez acreditamos mesmo que podemos dar a volta por cima e estamos aqui para servir os médicos, profissionais dotados de dignidade e que também podem sucumbir frente às adversidades.

Não esqueça de comentar, compartilhar se achar prudente, ou ainda mandar o seu texto para ajudar a expandir os horizontes da medicina, falando o que a faculdade de medicina esqueceu de nos contar.

Fernando Carbonieri

Fernando Carbonieri

CEO e Founder - Academia Médica

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Novo post

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha ACESSO ILIMITADO
aos conteúdos exlcusivos.

Entrar
Faça seu login agora e ganhe:

Acesso ilimitado aos conteúdos abertos;

Notificações das publicações relevantes para o seu perfil;

Newsletter com os principais artigos para você.